Bolsonaro diz que ‘é bom o DiCaprio ficar de boca fechada’ após ator incentivar jovens a tirar título

Leonardo Dicaprio fez postagens tentando incentivar que os jovens brasileiros tirem o título de eleitor e vão votar nas eleições deste ano

0

Jair Bolsonaro (PL), presidente da República, demonstrou que não gostou nada das recentes postagens do astro do cinema americano Leonardo DiCaprio. Para o chefe do Executivo, é bom o ator “ficar de boca fechada”.

Felipe Neto diz que é perseguido por conta de críticas a Bolsonaro

“É bom o Dicaprio ficar de boca fechada em vez de ficar falando besteira por aí”, disse Bolsonaro a apoiadores enquanto chegava no Palácio do Planalto, em Brasília.

Antes de ter mandado o recado ao astro americano, Bolsonaro estava falando sobre a preservação ambiental, cujas políticas brasileiras são bastante criticadas por Leonardo DiCaprio. Foi exatamente neste momento que o presidente começou a criticar o americano, dizendo que ele deveria parar de fazer publicações referentes ao Brasil.

Postagens de Leonardo Dicaprio

Na segunda-feira (02), em sua conta no Twitter, Leonardo DiCaprio fez algumas postagens referentes às eleições. Na ocasião, ele usou a rede social para tentar incentivar que os jovens brasileiros tirem o título de eleitor e vão votar em outubro.

“O Brasil é o lar da Amazônia e outros ecossistemas críticos para as mudanças climáticas. O que acontece lá importa para todos nós e votação entre jovens é chave em motivar mudanças por um planeta saudável”, escreveu o ator.

Essa não foi a primeira vez que o ator tentou estimular a ida de jovens aos cartórios eleitorais de suas regiões para que eles votem nas eleições deste ano. A primeira postagem foi feita na última sexta-feira (29). Além de Leonardo DiCaprio, outro ator, Mark Ruffalo, que quem interpreta o herói Hulk nas telonas de cinema, também publicou uma chamada aos jovens.

Prazo se esgotando

Assim como vem publicando o Brasil123, o prazo para que jovens ou qualquer cidadão regularize sua situação na Justiça Eleitoral pode ser feito até 150 dias antes do primeiro turno das eleições – este prazo termina na próxima quarta-feira (04).

Leia também: Ciro Gomes diz que atos com Lula e Bolsonaro fracassaram e eleição não está resolvida

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.