Auxílio-Gasolina de R$ 300: projeto aguarda votação na Câmara

Segundo emissora, governo federal já deu sinal verde para aprovação do projeto, que está 'preso' na Câmara há mais de dois meses

0

Muitos trabalhadores aguardam ansiosamente o auxílio-gasolina. A saber, o projeto de lei (PL nº 1472/2021) prevê uma ajuda de R$ 300 à população de baixa renda que sofre com o aumento dos preços dos combustíveis no país. No entanto, o texto está “preso” na Câmara dos Deputados há mais de dois meses.

Em resumo, o Senado Federal aprovou o texto de autoria do senador Rogério Carvalho (PT-SE) em 10 de março. Aliás, foi aprovada a versão original do relator, o senador Jean Paul Prates (PT-RN). Na ocasião, os senadores da base do governo ficaram livres para votarem do jeito que desejassem.

Contudo, a situação agora é outra. De acordo com a emissora CNN Brasil, a equipe econômica do governo federal deu sinal verde aos parlamentares governistas. Isso quer dizer que os deputados da base do governo poderão aprovar o texto na Câmara. Inclusive, a chance de aprovação é grande, caso os parlamentares que apoiam o governo votem a favor do projeto.

Você também pode gostar: Casa Verde Amarela: governo aumenta subsídio do programa

Saiba quem será beneficiado com o auxílio-gasolina

Segundo o texto do projeto de lei, os trabalhadores que terão direito a receber o auxílio-gasolina serão:

  • Taxistas
  • Motoristas de aplicativo
  • Mototaxistas

Vale destacar que os trabalhadores precisam ter um rendimento familiar mensal de até três salários mínimos para receber o auxílio. Dessa forma, os trabalhadores irão receber os seguintes valores:

  • Auxílio de R$ 300: motoristas autônomos do transporte individual e condutores de pequenas embarcações (taxistas e motoristas de aplicativo estão inclusos nessa categoria);
  • Auxílio de R$ 100: motoristas de ciclomotor ou motos de até 125 cilindradas.

A saber, o projeto prioriza os beneficiários do Auxílio Brasil e tem previsão de gastos até R$ 3 bilhões.

Com o sinal verde do governo, a tramitação do projeto de lei pode acelerar nos próximos dias. O Ministério da Economia acredita que há espaço no orçamento para bancar o auxílio.

Em 2022, os combustíveis continuam pesando na renda dos brasileiros. Em suma, a Petrobras já reajustou a gasolina e o diesel em março, além de elevar mais uma vez o preço do diesel neste mês. E os aumentos podem continuar no decorrer do ano, a depender da cotação do barril de petróleo e das oscilações do dólar.

Leia Também: ‘Bolsa caminhoneiro’ pode ser alternativa para evitar greve

5/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.