Quem é Warren Buffett e por que seu legado está ameaçado?

0

Warren Buffett é um dos maiores investidores da história da humanidade e seus retornos são muito acima da média do mercado. Isso porque ele usa uma estratégia revolucionária, que compra ações baratas de empresas consolidadas. A literatura busca ensinar essa forma de investir de forma bastante extensa, com muitas obras falando desse assunto. Contudo, o legado desse grande investidor pode estar chegando ao fim.

Por isso, nesse texto vamos falar sobre um dos maiores investidores do mundo. Ainda, vamos abordar por que um fundo de pensão dos Estados Unidos quer que ele saia da presidência de sua própria empresa, a Berkshire Hathaway.

Quem é Warren Buffett?

Conhecido como Oráculo de Omaha, Warren Buffett é um dos nomes mais respeitados do mercado financeiro. De 1964 a 2021, o investidor conseguiu um retorno total de 3.641.613%. No mesmo período, o S&P 500, o índice de ações americanas, subiu 30.209%. Na prática, a carteira do investidor subiu 20,1%, ante 10,5% da média do mercado americano.

Por conta de sua estratégia, ele ficou conhecido por ser um excelente investidor, que descobre as melhores ações do mercado para prazos maiores que 5 anos. Ao longo de sua carreira, ganhou a confiança de muitos investidores, incluindo personalidades com muito dinheiro, como príncipes árabes e bilionários ligados a diversos setores. Porém, algumas de suas mais recentes decisões fizeram com que a sua capacidade de investir bem fosse questionada.

Após comprar o Nubank, uma das maiores fintechs do mundo, Warren Buffett fez um aporte milionário em uma empresa ligada ao setor de gás e petróleo. Contudo, essa decisão não agradou alguns investidores, que afirmaram que ele está se afastando dos investimentos ESG que, em tese, darão mais retornos financeiros aos investidores no futuro.

Dessa forma, um fundo de pensão dos Estados Unidos, que é um grande acionista da empresa de Warren Buffett, busca tirá-lo do poder para colocar um sucessor que agrade mais ao mercado. Contudo, essa briga está longe de acabar.

Warren Buffett
Após investir em empresa de petróleo e gás, Warren Buffett passou a sofrer pressão dos acionistas. Foto: Reuters

O legado pode chegar ao fim?

A briga do fundo de pensão com Warren Buffett vem ganhando proporções enormes no mercado financeiro. Isso porque o histórico do investidor mostra que ele tem uma enorme capacidade de escolher boas empresas. Por outro lado, o fundo de pensão uma pequena parcela na votação do conselho.

Nesse cenário, a Calpers, nome do fundo de pensão que quer tirar Warren Buffett do poder, disse que não aprovará o nome do investidor como CEO e presidente da Berkshire Hathaway. Contudo, a prática é muito comum no mercado americano, algo que não acontece no Brasil e na Europa.

Na prática, isso representa que Warren Buffett teria menos espaço para fazer as escolhas das ações em que a empresa investe. Com isso, especialistas afirmam que o legado de um dos maiores investidores da história poderia estar chegando ao fim. Aos 91 anos, Buffett ocupa o cargo de CEO e presidente de sua empresa há mais de 60 anos. A assembleia acontecerá no dia 30 de abril, na sede da empresa, que fica em Omaha, no estado de Nebraska nos Estados Unidos.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.