PT vai começar estruturar comando da campanha de Lula

Reuniões na semana passada na área executiva do PT determinaram a estrutura e quem deveria participar dela.

0

Começa nesta semana a estruturação do Partido dos Trabalhadores (PT) para a campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tenta voltar ao Palácio do Planalto. De acordo com informações do portal “UOL”, tal fato acontece após seguidas cobranças de aliados e uma crise interna que levou ao afastamento da cúpula da comunicação e a criação de um conselho político formado por representantes dos partidos que compõe uma coligação com a legenda petista.

‘Isso se chama política’, diz Lula ao comentar chapa com Alckmin

Ainda conforme o “UOL”, reuniões na semana passada na área executiva do PT determinaram a estrutura e quem deveria participar dela. No entanto, ainda é preciso ter o aval de Lula. Apesar disso, sabe-se que nomes influentes como o ex-governador do Piauí Wellington Dias, o senador Jaques Wagner e o ex-ministro Gilberto Carvalho deverão integrar a cúpula.

De acordo com as informações, dentre esses nomes, Gilberto Carvalho, estava afastado da campanha. No entanto, ele foi chamado e agora ficará responsável pela mobilização social. Além dos citados, também devem integrar o grupo Rui Falcão (SP), Paulo Teixeira (SP) e José Guimarães (PE).

O ex-ministro Aloizio Mercadante, hoje presidente da fundação Perseu Abramo, e que está coordenando a organização do programa de governo, e o também ex-ministro Luiz Dulci, responsável pela agenda de eventos de Lula, também devem integrar a cúpula.

A vaga de coordenação-geral deverá ficar com Gleisi Hoffmann, deputada e presidente do PT. Segundo ela, a coordenação também será colegiada. “Tem que ser colegiada, coletiva, com os presidentes dos partidos”, disse ela, afirmando que “não pode ser concentrada em uma só se a gente pretende algo potente, algo que faça uma unidade, uma união”.

“Todos têm que se sentir participando. Por isso a gente não formalizou a coordenação de campanha. Você está buscando um movimento e aí o PT sai na frente definindo coordenação de campanha? Os outros só entram para apoiar?”, afirmou a deputada em entrevista ao “UOL”, completando ainda que a estruturação final deve acontecer de fato a partir da próxima semana, após a oficialização da pré-candidatura de Lula, marcada para o próximo sábado (07) deste mês.

Leia também: Lula defende piadas com nordestinos e diz que ‘o mundo está chato’ 

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.