C6 Bank lidera ranking de reclamações entre bancos no 4º trimestre

BMG fica em segundo lugar, com uma pontuação quase duas vezes menor que a do C6 Bank, enquanto o BTG Pactual/Banco Pan ficou na terceira colocação

0

O C6 Bank continuou no primeiro lugar do ranking de reclamações contra instituições financeiras no quarto trimestre de 2021, assim como o fez no trimestre anterior. O levantamento, realizado pelo Banco Central (BC), indicou que o top três contou com o BMG na segunda posição e o conglomerado BTG Pactual/Banco Pan ficaram em terceiro lugar.

Para elaborar o ranking, o BC levou em conta apenas as reclamações consideradas procedentes e o número de clientes de cada banco. Assim, houve uma equação simples: as queixas foram divididas pela quantidade de clientes das instituições financeiras e, finalmente, multiplicadas por 1 milhão.

Dessa forma, o índice gerado representa o número de reclamações do banco para cada grupo de 1 milhão de clientes, ou seja, a avaliação é proporcional à quantidade de clientes das instituições. Aliás, o BC indicou apenas as instituições com as taxas de reclamação mais altas no período.

Nesse panorama, o C6 Bank encerrou o trimestre com 1.444 reclamações de clientes, 207 a menos que as registradas no terceiro trimestre (1.651). Com isso, o banco atingiu 106,22 pontos no ranking. A propósito, o C6 Bank possui 13,59 milhões de clientes.

BMG e BTG Pactual/Banco Pan completam top três

No ranking, o BMG ocupou a segunda posição. Em suma, o banco recebeu 618 reclamações entre outubro e dezembro. Assim, alcançou 67,87 pontos no ranking. A saber, o banco possui 9,1 milhões de clientes.

O conglomerado BTG Pactual/Banco Pan completou o top três entre os bancos com maiores reclamações no quarto trimestre. Em resumo, o banco registrou 1.128 reclamações no período. Embora as queixas tenham sido maiores que as do BMG, o número de clientes do banco é de 17,88 milhões. Por isso, o índice do BTG ficou em 63,08 pontos.

Na sequência, ficaram: Inter (53,90 pontos), Bradesco (25,30 pontos) e Santander (24,58 pontos). A propósito, as maiores queixas se relacionavam a irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços.

Nesse caso, os cartões de crédito lideraram com 2.185 reclamações, seguidos por operações de crédito (2.065 reclamações) e demais operações e serviços (1.515 queixas).

Por fim, o cliente que quiser fazer uma reclamação contra alguma instituição financeira, deve, primeiramente, procurar o próprio banco, através do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) ou Ouvidoria. Além disso, também pode acessar o portal consumidor.gov.br ou mesmo acionar órgãos de defesa, caso não haja solução para as reclamações.

Leia Mais: Presidente de El Salvador compra US$ 15 milhões em bitcoin

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.