Bolsonaro diz que margem de lucro da Petrobras ‘está gorda e obesa’

O comentário de Bolsonaro acontece após a estatal ter registrado um lucro líquido de R$ 44,56 bilhões no primeiro trimestre do ano

0

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a criticar a margem de lucro da Petrobras, afirmando que a empresa está “gordíssima, obesa”. O comentário aconteceu nesta quinta-feira (12) depois que a estatal registrou um lucro líquido de R$ 44,56 bilhões no primeiro trimestre do ano.

“A Petrobras está gordíssima, está obesa! Poderia, sim, o seu Conselho e diretores reduzir a margem de lucro. A margem de lucro deles é na casa de 30%, já as outras petroleiras estão no máximo em 15%”, afirmou Bolsonaro após ter participado da 48ª edição da Expoingá, uma feira agropecuária que acontece em Maringá, no Paraná.

Na ocasião, o chefe do Executivo defendeu que a Petrobras deve abaixar sua margem de lucro “pensando no Brasil”. “Petrobras, você é Brasil! Ou quem está aí dentro não pensa no seu país? O povo está sofrendo bastante com o preço do combustível”, disse o presidente.

Durante sua fala, Bolsonaro não citou que o governo é o maior acionista da empresa, ou seja, é quem mais recebe dinheiro da empresa. Ao invés disso, ele deu a entender que os reajustes da Petrobras são feitos para afetar a sua imagem.

“Não adianta querer atingir o presidente, quem paga a conta é todo o Brasil”, disse ele, acrescentando ainda que “lamenta o que está acontecendo”, ressaltando ainda que quem define o preço dos combustíveis é a Petrobras.

Essa não foi a primeira vez que Bolsonaro criticou a margem de lucro da estatal brasileira. Recentemente o Brasil123 publicou que o chefe do Executivo chamou o lucro da empresa de “estupro”.

Novo reajuste da Petrobras

Na última segunda-feira (09) a Petrobras anunciou o aumento no preço do diesel nas refinarias. O percentual de elevação foi de 8,87%. Durante todo o governo Bolsonaro, o preço do combustível, de acordo com dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), aumentou 96%.

Leia também: Ministro de Minas e Energia diz que pedirá estudos sobre privatizar Petrobras

5/5 - (2 votes)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.