‘Vamos fazer maior 7 de Setembro possível’, afirma Bolsonaro

Jair Bolsonaro ainda afirmou que não sabe sobre a realização ou organização de manifestações para as próximas semanas

0

Jair Bolsonaro (PL), presidente da República, revelou que deve ficar em Brasília, no Distrito Federal, no próximo feriado de 07 de Setembro para fazer o maior desfile “possível”. De acordo com o chefe do Executivo, ele irá participar do desfile militar na data.

“O Sete de Setembro deve ser muito grande no Brasil, a minha ideia é ficar em Brasília, ver o desfile militar”, afirmou ele enquanto concedia uma entrevista na entrada do Palácio da Alvorada nesta segunda-feira (18).

“Vamos fazer o maior possível, porque casa com 200 anos da nossa independência, logicamente é muito bonito isso”, completou Bolsonaro, afirmando que não sabe sobre a organização de manifestações para as próximas semanas.

Apesar disso, o presidente afirma que elas, manifestações, são bem-vindas. “Você veja o Sete de Setembro do ano passado: não tem notícia de uma lixeira virada, e aí algumas pessoas rotulam de violência, ataque à democracia, é uma manifestação popular”, afirmou o presidente.

Em 2021, Bolsonaro participou dos eventos em Brasília e em São Paulo. Na ocasião, o presidente afirmou que não iria mais cumprir as determinações feitas pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Na ocasião, as falas de Bolsonaro causaram uma forte reação de outros Poderes e do mundo político, que viram riscos de ruptura institucional. Por conta de toda essa repercussão, o presidente voltou atrás e tentou amenizar suas declarações.

Para isso, com a ajuda de Michel Temer (MDB), ex-presidente da República, Bolsonaro escreveu uma carta onde afirmava que não tinha a intenção de atacar os ministros do STF e muito menos de causar uma ruptura institucional.

Durante alguns meses, o presidente até parou de promover ataques aos ministros da Corte. No entanto, neste ano de eleição, Bolsonaro retomou sua ofensiva e, com isso, passou a ter integrantes do STF e também do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como foco de seus ataques.

Leia também: Bolsonaro diz que inquérito que o acusa de violência: “é uma covardia”

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.