Tem dúvidas sobre o Auxílio Gás? Confira as últimas informações do benefício

Confira as informações sobre o repasse dos valores deste auxílio

0

Todos os brasileiros têm ciência de que o valor do gás de cozinha tem aumentado cada vez mais, e é por isso que a busca de informações sobre o auxílio gás tem sido tão alta.

Pensando em nossos leitores, elaboramos este guia com as informações do Ministério da Cidadania para esclarecer um pouco mais as dúvidas sobre o repasse deste benefício.

Boa leitura!

Tem dúvidas sobre o Auxílio Gás? Confira as últimas informações do benefício
Tem dúvidas sobre o Auxílio Gás? Confira as últimas informações do benefício

Quem pode receber o vale gás?

Saiba que o benefício é voltado para as famílias com o seguinte perfil:

  • Inscritas no Cadastro Único, com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário-mínimo, inclusive famílias beneficiárias de programas de transferência de renda implementados pelas três esferas de governo; e
  • Famílias que tenham na sua composição pessoas residentes no mesmo domicílio que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC), inscritas ou não no Cadastro Único.

Qual a ordem das famílias para concessão do benefício?

Para concessão do benefício do Programa Auxílio Gás, as famílias elegíveis serão ordenadas, de acordo com os seguintes critérios, sucessivamente:

I – Dados do Cadastro Único atualizado nos 24 meses anteriores;

II – Menor renda per capita;

III – Maior quantidade de membros na família;

IV – Beneficiárias do Programa Auxílio Brasil; e

V – Com cadastro qualificado pelo gestor por meio do uso dos dados da averiguação, quando disponíveis.

Excepcionalmente, nos primeiros 90 dias de implantação do Programa, as famílias elegíveis serão ordenadas de acordo com os seguintes critérios:

I – Beneficiárias do Programa Auxílio Brasil;

II – Com menor renda per capita; e

III – Com maior quantidade de membros na família.

Existe alguma prioridade?

Sim. Serão priorizadas para concessão do benefício do Programa Auxílio Gás, as famílias elegíveis com mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob monitoramento de medidas protetivas de urgência.

Qual o valor do vale gás?

Em primeiro lugar, saiba que o auxílio será pago no limite de um benefício por família beneficiária, em meses alternados, no valor de R$ 52,00.

O repasse será realizado com o valor de 50% da média do preço nacional de referência do botijão de 13 kg de gás liquefeito de petróleo (GLP).

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) publicará mensalmente, até o 10º dia útil do mês, o valor da média dos 6 meses anteriores referentes ao preço nacional do botijão de 13 kg de GLP ao consumidor final, de acordo com o Sistema de Levantamento de Preços (SLP) ou outra fonte que venha a substituí-la.

Como as famílias receberão o auxílio gás?

Vale destacar que o valor do benefício do vale gás será liberado em conta digital ou bancária.

No entanto, caso a família não tenha acesso a uma dessas opções, será aberta, automaticamente, uma poupança social digital.

Por fim, saiba que a validade da parcela do benefício é de 120 dias, contada da data que for disponibilizada o benefício na opção de pagamento.

E quando começa o pagamento?

A saber, o pagamento começou na no dia 27 de dezembro, e foi escalonado da seguinte forma:

  • Em dezembro de 2021 os repasses foram realizados para 108 mil famílias do Programa Auxílio Brasil selecionadas, residentes nos 100 municípios que tiveram decreto estadual de calamidade pública ou de situação de emergência nos estados da Bahia e de Minas Gerais;
  • Agora em janeiro, poderão sacar o benefício as 5,48 milhões de famílias do Programa Auxílio Brasil, localizadas dos demais municípios do país, de acordo com o final de NIS e o calendário de pagamentos do PAB.

Clique aqui para consultar o calendário.

Veja ainda: Auxílio Brasil: Pagamento retroativo virá na parcela de janeiro? Descubra aqui

1/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.