Ainda é possível entrar no CadÚnico para ter acesso ao Auxílio Brasil?

Confira as informações a respeito do enquadramento no novo programa social

0

O início dos pagamentos da terceira parcela do Auxílio Brasil está próximo de acontecer, e muitos brasileiros questionam sobre a possibilidade de realizar o registro no Cadastro Único (CadÚnico) para terem também o direito de ingressar no novo programa social.

A saber, os pagamentos da nova rodada começam no próximo dia 18, isto é, faltam apenas 11 dias.

Sendo assim, aqueles que ainda não estão registrados no CadÚnico e optarem por realizar o cadastro agora, é importante ter em mente que não haverá tempo hábil para o ingresso nesta parcela do programa.

Contudo, se você tem o perfil para participar do Cadastro Único, não o deixe de fazer, uma vez que esse é o primeiro requisito para poder participar do Auxílio Brasil.

Ainda é possível entrar no CadÚnico para ter acesso ao Auxílio Brasil?
Ainda é possível entrar no CadÚnico para ter acesso ao Auxílio Brasil? – Imagem: Montagem Brasil 123

Auxílio Brasil de R$ 400

Cabe ainda lhe informar que os créditos deste ano para o Auxílio Brasil serão repassados com o valor turbinado, ou seja, os beneficiários terão garantido um valor mínimo de R$ 400, valor este que passou a ser aplicado em dezembro de 2021.

Para este mês de janeiro, de acordo com o Ministério da Cidadania, mais de 17 milhões de pessoas serão beneficiadas.

CadÚnico: Ainda posso me cadastrar?

Até o momento, o primeiro critério para a participação no Auxílio Brasil é ter o perfil ativo e atualizado no Cadastro Único. Dessa forma, aqueles que ainda não possuem o cadastro, podem providenciar o mesmo.

Quer saber se ainda vai ter chances de ingressar no programa?

Como mencionado no início do artigo, para esse mês de janeiro, não mais. No entanto, o Ministério da Cidadania realiza uma avaliação todos os meses acerca daqueles que estão enquadrados e pode haver inclusão de novos beneficiários.

Entretanto, cabe aqui fazer um alerta importante: o registro no CadÚnico não implica na entrada automática ao programa. Isso porque o governo avalia demais critérios.

Como providenciar o registro?

Para providenciar o seu ingresso ao CadÚnico, saiba que é o governo municipal quem faz essa inclusão.

Ainda mais, a maioria opera o cadastro por meio do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

Sendo assim, basta ir até o local da inscrição e apresentar os seus documentos pessoais, e também dos familiares que moram com você.

O CadÚnico é direcionado para as famílias com o seguinte perfil:

  • Renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo;
  • Renda mensal familiar total de até três salários;
  • Família com renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo.

Pessoas que moram sozinhas ou vivem em situação de rua também podem realizar o cadastro.

Será que já estou no Cadastro Único?

Para saber se está registrado no Cadastro Único, aumentando as suas chances de ingressar no Auxílio Brasil, você pode verificar através da plataforma ‘Meu CadÚnico’.

Se preferir, pode conferir essa informação também pelo celular, mas para isso, é preciso fazer o download do aplicativo.

Então, informe o seu nome completo, data de nascimento, nome da mãe, além do estado e o município onde reside. Por fim, marque a opção “não sou um robô” para ter acesso às informações do CadÚnico.

Por fim, você ainda pode optar por ligar para o 0800 707 2003, opção 5. A ligação é gratuita, e o horário de atendimento é das 7h às 19h de segunda a sexta.

Leia também: Liberado o saque do FGTS para mais um grupo; veja quem pode

1/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.