Reserva de emergência: o que é e como fazer a sua?

0

Com o custo de vida ficando mais caro e com as contas de todos os meses chegando, guardar dinheiro fica cada vez mais complicado. Contudo, toda pessoa precisa, de alguma forma, montar uma reserva de emergência para os momentos de apertos inesperados. E isso é possível até mesmo para quem ganha salários baixos.

Por isso, hoje vamos falar sobre como montar a sua reserva de emergência da forma correta, utilizando as estratégias certas. Além disso, vamos dar uma dica para você montar o seu colchão financeiro sem nem perceber, com uma ferramenta muito poderosa.

O que é a reserva de emergência?

Antes de montar a sua reserva de emergência, você precisa entender qual a finalidade dela. Isso porque você precisará se policiar ao longo do caminho, dado que o saldo crescendo na conta do banco é tentador para você fazer aquelas comprinhas que tanto sonha. Contudo, esse é exatamente o oposto do intuito desse investimento.

Isso porque a reserva de emergência serve para cobrir aqueles gastos que são inesperados. Ou seja, para o carro que estragou, o cano da pia que estourou ou outros acontecimentos imprevisíveis. Se você aumentou a sua fatura do cartão de crédito com gastos fora do seu orçamento, isso não é um acontecimento inesperado e, por isso, você deve sempre cuidar as suas finanças pessoais para que isso não aconteça.

Além disso, esse investimento preza muito pela segurança. Por isso, os retornos tendem a ser menores que o mercado, mas o tempo para resgatar o dinheiro é menor, podendo cair no mesmo dia na sua conta bancária. Dessa forma, a reserva de emergência é sempre um investimento em ativos seguros, protegidos pelo governo ou por empresas de grande porte.

reserva de emergência
Foto: Reprodução

A ferramenta ideal para você montar a sua!

Agora que você já entendeu o que é, o próximo passo é começar a montar a sua reserva de emergência. Contudo, fazer sobrar dinheiro é uma tarefa um pouco complicada para a grande maioria das pessoas. Por isso, especialistas recomendam que você comece utilizando a Mônis, que é uma fintech perfeita para quem está começando no mundo dos investimentos.

Na prática, você consegue montar a sua reserva de emergência sem nem perceber. Isso porque a empresa funciona como uma assinatura, que retira, semanalmente, um valor do seu cartão de crédito e coloca em um produto que rende 100% do CDI. Com isso, você não precisa se preocupar em depositar todos os meses, ao passo que continua pagando a fatura do seu cartão de crédito sem problemas.

Com isso, ao longo dos meses você vai montando a sua reserva de emergência da forma certa, sem perceber. Além disso, você terá cada dia mais tranquilidade financeira. Vale lembrar que os outros tipos de investimentos devem começar apenas após você ter um bom colchão financeiro e você deve evitar, ao máximo, mexer nesse valor. Dessa forma, você terá uma tranquilidade financeira muito maior, além de ter a liberdade de poder fazer o que gosta na sua vida profissional e também na sua vida pessoal.

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.