Mais de 25% dos candidatos faltaram no primeiro dia do ENEM 2021

0

As provas de Linguagens, Humanas e Redação do Exame Nacional do Ensino Médio aconteceram neste domingo, 21 de novembro. No entanto, dos mais 3 milhões de estudantes inscritos, 26% faltaram no primeiro dia do ENEM 2021.

Essa taxa de abstenção, ou seja, a quantidade de candidatos que faltaram, é muito menor que no ENEM 2020. No ano passado, o total de pessoas que perderam a primeira parte do exame foi de 51%. Ou seja, enquanto em 2020 o número de faltantes foi o maior em toda a história do exame, a porcentagem este ano está muito próxima das edições anteriores.

Quem divulga o número de pessoas que faltaram no ENEM?

Os dados em relação às taxas de comparecimento e abstenção são divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) que, por sua vez, é o órgão responsável pelo ENEM. Inclusive, segundo o INEP, o valor de 26% de faltantes ainda não é um número absoluto.

Como o ENEM 2021 seguiu as medidas de segurança contra covid-19, é possível que estudantes apresentando sintomas da doença não tenham feito a prova. Por isso, haverá reaplicação para esses alunos, assim como para quem teve problemas como falta de luz ou outros incidentes que não sejam de responsabilidade dos candidatos. Portanto, a taxa de abstenção com todas as devidas correções ainda será informada futuramente pelo INEP.

A taxa de abstenção do ENEM 2021 pode ser considerada alta ou baixa?

Embora 26% pareça uma grande quantidade, o cenário atual e o total de inscritos no ENEM fazem com que não seja um valor tão alto. Em oposição à tendência crescente no número de candidatos nos anos anteriores, a edição 2021 contou com pouco mais de 3 milhões de estudantes que fizeram a inscrição.

Aliás, há muitas especulações em relação à queda do número de pessoas participando do exame. Uma das possíveis causas, por exemplo, tem relação com as aulas remotas. Meses atrás, quando as inscrições começaram, muitos estudantes ainda estavam estudando somente online. Dessa forma, com as dificuldades que muitos enfrentaram nesse sistema, é provável que o medo de não ter um bom desempenho tenha sido uma barreira.

Entretanto, além do número reduzido de inscritos, tanto na versão comum quanto no ENEM digital, a pandemia também faz com que a taxa de abstenção não seja classificada como alta. Apesar dos avanços da vacinação no Brasil, algumas pessoas ainda têm insegurança quanto às aglomerações e interações sociais. Portanto, o número de pessoas que faltaram no primeiro dia do ENEM 2021 está dentro da média.

Agora, se você faz parte dos estudantes que compareçam ao primeiro dia do ENEM, não deixe de ir no segundo dia. Lembre-se que você precisa ter uma boa pontuação em todas as áreas para usar sua nota do ENEM como forma de entrar na faculdade. Logo, aproveite essa reta final para se preparar para as questões de Matemática e Ciências da Natureza.

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.