Qual a importância de estabelecer limites para os filhos

Amar seus filhos não significa deixá-los fazer tudo que querem

0

Filhos são os donos do coração dos pais e, muitas vezes, eles têm dificuldades em impor limites a eles, justamente por isso. Ao querer agradar muito os filhos, alguns pais acabam não ensinando questões necessárias a eles. Veja, no artigo abaixo, qual é a importância de estabelecer limites para os filhos, mesmo que isso seja dolorido para os pais.

Brincadeiras para as crianças sem gastar! Confira essas ideias

É claro que todo pai preferiria se pudesse dizer sim o tempo todo e mimar bastante o seu filho. Contudo, agindo assim não se prepara uma pessoa para o mundo. E por mais que você ame o seu filho, as pessoas não o tratarão da mesma maneira. E ele terá que aprender a lidar com elas.

Veja as vantagens de mostrar para os seus filhos os limites que eles devem seguir:

Estabelecer limites para o filho colabora para a vivência fora da família

Crianças não gostam de limites. Muitas delas se descabelam e fazem a maior pirraça quando escutam um “não”. Contudo, eles devem aprendê-los para aprender a conviver em sociedade. Isso porque as pessoas ao redor dele não dirão sim apenas porque ele quer, ou para fazê-lo feliz. A vida é dura e ele precisa estar preparado para ela.

Ensinar a criança a se contentar

Uma criança que não tem limites quer sempre mais e não fica satisfeita com o que tem. Observe uma criança muito mimada, que sempre recebe os brinquedos que pede: ela nunca está satisfeita. Ela esquece do que recebeu e logo pede outro. As coisas não podem ser assim. É importante estabelecer limites para os filhos, porque é preciso que eles entendam que há hora certa para tudo e que não podem ter o que querem quando querem.

5 dicas muito importantes para mães de primeira viagem

Estabelecer limites para a criança é sinal de amor e cuidado

Se você ama, você cuida e ensina a criança a viver em sociedade e no mundo. Ouvir um não de você doerá menos que sempre receber um sim e acabar por ouvir um não de outra pessoa. Por isso, amar e cuidar também significa ensinar até onde se pode e se deve ir.

A criança deve saber o que é bom, ou ruim para ela

Ao estabelecer limites para os filhos, você mostra para eles que há coisas que eles não podem ultrapassar para o seu próprio. Dessa forma, eles compreendem que dentro dos limites estão as coisas certas que eles devem fazer.

Uma criança não pode, por exemplo, comer o que quiser, quando quiser. Caso assim o faça, poderá passar mal. Por isso, limites podem desagradar, mas visam a um bem maior e é isso que seus filhos precisam entender.

Ela deve aprender que não pode invadir o espaço dos outros

A criança deve entender que, muitas vezes, os limites que são estabelecidos baseiam-se naquilo que uma pessoa não pode ultrapassar sem prejudicar a outra. E isso é bom, porque as pessoas não poderão ultrapassar certos limites com ela também. Portanto, ao estabelecer limites para os filhos é muito importante mostrar que eles existem para todo mundo e que cada um deve respeitar o do outro.

Maternidade e home office: Veja como conciliar

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.