Por que os agrotóxicos fazem tão mal à saúde?

0

Também chamados de defensivos químicos, os agrotóxicos são produtos utilizados na agricultura para controlar insetos, doenças ou plantas daninhas que causam danos às plantações.

Em outras palavras, agrotóxicos são, segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, produtos químicos, físicos ou biológicos utilizados nos setores de produção agrícola, pastagens, entre outros. Nesse sentido, têm o objetivo de alterar a composição química tanto da flora quanto da fauna a fim de preservá-las.

Em 2017, constatou-se que o Brasil era o maior consumidor de agrotóxicos do mundo. Além disso, sendo a Região Sul responsável por 30% deste consumo. A quantidade de agrotóxicos ingerida no Brasil é tão alta que o país está na liderança do consumo mundial desde 2008.

Perigos do agrotóxico para a saúde

A princípio, o grande perigo, que muita gente não sabe, é que esses inseticidas podem causar doenças graves a longo prazo. A exemplo, problemas no sistema nervoso, câncer e alterações fetais.

Por isso, é muito importante buscar uma alimentação cada vez mais sustentável, dando preferência aos alimentos orgânicos, de produtores locais, sempre cuidando para que tenha o selo de orgânico.

Segundo a ANVISA, o consumo prolongado de agrotóxicos e em quantidades acima dos limites aceitáveis acarretam dores de cabeça, alergia e coceiras, além de distúrbio do sistema nervoso central ou cânceres.

Ranking de alimentos com maior contaminação por agrotóxicos

  • Pimentão
  • Morangos
  • Pepino
  • Alface
  • Cenoura
  • Abacaxi
  • Beterraba
  • Couve
  • Mamão
  • Por fim, tomates

Alimentos orgânicos

Nesse sentido, alimentos orgânicos são aqueles cultivados sem o uso de pesticidas convencionais, fertilizantes e agrotóxicos, além de serem processados sem radiação ionizadora. Então, é um produto limpo, saudável, e que provém de um sistema de cultivo que observa as leis da natureza. Essa é uma boa opção para fugir dos agrotóxicos.

Por fim, veja também: Alimentos orgânicos: quais são as vantagens para este consumo?

Gostou do artigo? Como anda a sua alimentação? Então, deixe o seu comentário e compartilhe este material com amigos e familiares.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.