PM aponta arma de bala de borracha para apoiadores de Lula

O caso foi registrado antes do evento que teve como pessoa principal o próprio ex-chefe do Executivo

0

Um agente da Polícia Militar (PM) de Juiz de Fora, em Minas Gerais, apontou uma arma para apoiadores de ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), nesta quarta-feira (11). O caso foi registrado antes do evento que teve como pessoa principal o próprio ex-chefe do Executivo.

Lula diz que Bolsonaro tem ‘medo de perder as eleições e ser preso’

Nas redes sociais, um vídeo mostra o exato momento em que defensores do petista e um grupo com bandeiras do Brasil e camisetas da seleção brasileira de futebol estão discutindo em frente ao Aeroporto da Serrinha.

Na ocasião, é possível ver alguns agentes da PM tentando manter os dois grupos separados e, em determinado momento, um dos policiais se posiciona à frente dos manifestantes de verde e amarelo. Neste momento, é possível ouvir o policial dizendo que a ordem era para que os apoiadores de Lula se afastassem do local.

Como a determinação não foi seguida, o PM aponta a arma para o grupo, sem ter feito, no entanto, qualquer disparo. Além da PM, no local também haviam agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) no local.

lula
O caso foi registrado antes do evento que teve como pessoa principal o próprio ex-chefe do Executivo. (Foto: reprodução)

Por conta do fato, a assessoria da Polícia Militar de Minas Gerais em Juiz de Fora afirmou que integrantes da tropa estavam no local para um reforço policial de praxe. Ainda conforme a corporação, no local, havia apoiadores de Lula ligados ao Movimento Sem Terra e, “com a chegada de uma carreata de membros da direita, houve ameaças mútuas”.

Nesse sentido, informou a PM, “foi necessário a intervenção desse policial”. Em outro momento do comunicado, a corporação deixa claro que o equipamento é uma carabina que não estava carregada com munição real, mas sim com balas de borracha. “A verbalização do policial foi fruto já de ameaças mútuas que já haviam ocorrendo entre os manifestantes”, relatou a entidade.

Leia também: Interlocutores de Lula consultam militares sobre o risco de golpe em caso de derrota de Bolsonaro

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.