O que fazer se não passar no ENEM?

0

O medo de não passar no ENEM é muito comum entre as pessoas que fizeram a prova. No entanto, sabendo que há a possibilidade de não ter um bom desempenho, é preciso pensar em alternativas. Por isso, hoje trouxemos soluções para o caso disso acontecer.

Por que tantas pessoas têm medo de não passar no ENEM?

Antes de mais nada, saiba que você não é a única pessoa que tem medo de não tirar uma boa nota no Exame Nacional do Ensino Médio. Em geral, boa parte dos candidatos têm esse mesmo sentimento.

O que acontece é que, atualmente, o ENEM é uma das principais formas de entrar na faculdade. Sendo assim, é comum se preocupar com o resultado nessa prova. Além disso, há outros fatores que contribuem para isso, como:

  • a forma como as notas são calculadas;
  • o número de questões, afinal, é comum ficar exausto em provas tão extensas;
  • a grande concorrência para alguns cursos;
  • o tempo de espera pelo resultado, pois, mesmo com a divulgação do gabarito, é preciso esperar de semanas até meses pela nota final.

O que significa não passar no ENEM?

O intuito do ENEM é avaliar o nível de preparo de quem conclui o ensino médio. Sendo assim, não existe exatamente uma forma de “passar” ou não no exame. No entanto, existem seleções que utilizam a nota do ENEM, como é o caso do SISU e do ProUni.

Dessa forma, não passar no ENEM consiste em não conseguir uma pontuação boa o suficiente para garantir uma vaga, uma vez que essas duas formas de ingresso exigem nota mínima.

Como lidar se o resultado no ENEM não for bom?

Em primeiro lugar, saiba que não é possível calcular sua nota apenas com base no número de acertos no primeiro dia de prova ou no segundo. Portanto, não pense que seu resultado foi ruim se você simplesmente não acertou quantas questões gostaria.

Porém, se perceber que seu resultado foi ruim quando sair a nota final, saiba que nem tudo está perdido. Existem alternativas que permitem que você prossiga com seus estudos sem depender especificamente do ENEM.

Uma boa saída é prestar vestibular para outras universidades, sejam elas privadas ou públicas. Vale lembrar que, no caso das particulares, você pode ganhar descontos e bolsas a partir da sua nota.

Além disso, não esqueça que o ProUni, um dos processos de seleção ligados ao ENEM, possui vagas remanescentes. Outra opção também é buscar opções da universidade, como monitoria, para conseguir custear as mensalidades com mais facilidade.

Por fim, não esqueça que o ENEM continuará acontecendo. Então, se não conseguir nenhuma nova oportunidade, você pode fazer a prova novamente. Neste caso, vale a pena se preparar com antecedência e praticar a redação para ter um desempenho melhor da próxima vez.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.