Nota rara de R$ 5 vale até R$ 2 mil; veja qual é o modelo

Colecionadores pagam fortuna por modelo com uma peculiaridade que não chamou atenção à época, mas valorizou significativamente a nota

0

Nos últimos tempos, tornou-se cada vez mais comum encontrar notícias sobre moedas e cédulas que valem verdadeiras fortunas. A busca incansável por modelos raros faz colecionadores pagarem valores bem elevados pelos exemplares. Aliás, você sabia que uma nota de R$ 5 chega a valer até R$ 2 mil?

Isso mesmo, diversos colecionadores procuram uma nota rara de R$ 5 e estão dispostos a pagar um valor que pouca gente acredita ser verdade. Trata-se de uma cédula bastante peculiar e rara, características que aumentam a valorização do item. Então, confira quais as características desta nota e depois corra para ver se você tem o modelo na sua carteira ou guardado no fundo da gaveta.

Em resumo, os colecionadores do país pagam caro para ter itens raros, e muita gente aproveita isso para ter uma grana extra sem muito esforço. Contudo, vale destacar que há vários fatores que contribuem para a valorização de uma moeda ou cédula. Veja abaixo quais são as principais:

  • Baixa tiragem;
  • Erro de fabricação, de cunho ou de impressão;
  • Modelos exclusivos para datas comemorativas.

Essas são algumas características que fazem uma nota ou moeda valer muito mais do que o valor que estampam. Além disso, os colecionadores também buscam modelos em bom estado de conservação. Isso quer dizer que, se você tiver um item raro, mas ele estiver amassado ou rasgado, o seu valor será reduzido de maneira significativa.

Veja características da nota rara de R$ 5

Muita gente sonha em ver o dinheiro “trabalhando” pra si mesmo. E aqueles que possuem uma nota rara, bastante valorizada no mercado, vão ver esse sonho se tornar realidade.

Na década de 90, as cédulas defeituosas costumavam ser retiradas de circulação no país. Em suma, a Casa da Moeda imprimia novas notas para repor as unidades com erro. A saber, essas cédulas vinham com um asterisco na frente do número da série para representar que haviam substituído outras notas.

Nota de R$ 5 com asterisco.

Em 1994, a Casa da Moeda imprimiu cerca de 400 mil notas com asterisco, nos valores de R$ 5 e R$ 10. E são estas cédulas que se tornaram desejadas pelos colecionadores. Há pessoas dispostas a pagar até R$ 2 mil para ter o modelo em casa. Será que você também tem essa nota na carteira? Aliás, quem diria que um asterisco valeria tanto?

Leia também: Liberado empréstimo de R$ 5 mil para NEGATIVADOS; veja como solicitar

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.