Marina Silva pode ser candidata a vice do governo de SP na chapa de Haddad, do PT

Marina Silva foi ministra do Meio Ambiente durante o governo Lula, mas estava rompida com o Partido dos Trabalhadores desde 2014

0

Marina Silva (Rede), ex-ministra do Meio Ambiente, pode acabar se tornando vice-candidata ao governo de São Paulo na chapa do ex-governador Fernando Haddad (PT). Isso porque, de acordo com informações do jornal “O Estado de S. Paulo”, as declarações do petista no programa Roda Viva, da “TV Cultura”, foram vistas com bons olhos pela presidente da Rede.

Lula diz que ‘país andou pra trás’ em reunião sobre Amazônia e meio ambiente

De acordo com o jornal, Marina Silva deu a entender que concorda com as propostas do ex-prefeito para o estado de São Paulo. Além disso, ela compartilhou uma citação da entrevista de Fernando Haddad, que disse no programa que existem “620 mil famílias na extrema pobreza em São Paulo”.

“Se a gente não olhar para esse lado da sociedade, não vamos construir uma nação”, disse Fernando Haddad. De acordo com Marina Silva, combater esse problema é, de fato, uma “prioridade”.

“Prioridade. O desafio do novo ciclo de prosperidade para São Paulo não pode deixar ninguém para trás”, disse Marina Silva, que foi ministra do Meio Ambiente durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), mas estava rompida com o Partido dos Trabalhadores desde 2014, quando foi alvo de ataques da até então presidente da República, Dilma Rousseff (PT).

Marina Silva
Marina Silva foi ministra do Meio Ambiente durante o governo Lula, mas estava rompida com o Partido dos Trabalhadores desde 2014. (Foto: reprodução)

Ainda segundo “O Estado de S. Paulo”, Fernando Haddad quer Marina Silva como vice no governo paulista para atrair o eleitorado moderado e também o antipetista. No entanto, apesar da afinidade entre os políticos, ainda existem alguns entraves.

Isso porque, na coligação do PT com PSOL e Rede, é provável que os integrantes do PSOL reivindiquem uma posição majoritária na chapa e exija ocupar o posto de vice, atrapalhando assim a ideia de ter Marina Silva no cargo. Apesar da possibilidade, a Rede ainda considera importante eleger Marina Silva para um cargo no Congresso Nacional, possivelmente para a Câmara dos Deputados, com o intuito de puxar votos.

Leia também: Lula defende ‘uma campanha ferrenha’ para ‘derrotar bancada do orçamento secreto’

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.