Mais de 30 mil pessoas receberão o auxílio emergencial depois de nova análise; confira

Confira as últimas novidades do auxílio emergencial

0

Serão 30.390 pessoas as que receberão o auxílio emergencial depois de uma nova análise realizada pelo Ministério da Cidadania e que foi concluída nesta quinta-feira (15).

Dessa forma, os trabalhadores recém-incluídos terão o pagamento, de uma vez, de todas as parcelas a que têm direito, de acordo com um calendário estabelecido.

Mais de 30 mil pessoas receberão o auxílio emergencial depois de nova análise
Mais de 30 mil pessoas receberão o auxílio emergencial depois de nova análise

Como as mais de 30 mil pessoas receberão o auxílio emergencial depois de nova análise?

Acompanhe o calendário:

  • Nascidos em janeiro: 17 de julho;
  • Nascidos em fevereiro: 18 de julho;
  • Nascidos em março: 20 de julho;
  • Nascidos em abril: 21 de julho;
  • Nascidos em maio: 22 de julho;
  • Nascidos em junho: 23 de julho;
  • Nascidos em julho: 24 de julho;
  • Nascidos em agosto: 25 de julho;
  • Nascidos em setembro: 27 de julho;
  • Nascidos em outubro: 28 de julho;
  • Nascidos em novembro: 29 de julho;
  • Nascidos em dezembro: 30 de julho.

Detalhes sobre o novo lote de beneficiários do auxílio emergencial depois da nova análise

De acordo com o Ministério da Cidadania, este novo lote contempla os seguintes perfis de beneficiários:

  • 18.675 cidadãos receberão a cota de R$ 150, para famílias de uma só pessoa,
  • 6.376 cidadãos recebem a de R$ 250, para famílias de duas ou mais pessoas,
  • 5.339 cidadãos terão a parcela de R$ 375, exclusiva para mulheres chefes de família.

E quem não foi aprovado neste novo lote de beneficiários do auxílio emergencial?

Aqueles que não foram aprovados têm prazo para contestar até 24 de julho no site de consulta ao auxílio, e para tanto, devem informar os dados pessoais tais como nome completo, CPF, nome da mãe e data de nascimento.

É importante destacar que os que já pediram uma nova avaliação antes não podem repetir o processo. Além disso, existem alguns motivos que permitem entrar com a contestação, e somente nestes casos fica disponível ao cidadão o botão para contestar a negativa. Caso o motivo que tenha originado a negativa do seu benefício não permita a contestação, este botão sequer será apresentado.

Auxílio com valor menor e para menos pessoas

O auxílio emergencial 2021 como é sabido, está mais restrito em relação ao ano passado, tanto no número de beneficiários como no valor das parcelas.

As quatro parcelas possuem valores que variam entre R$ 150 a R$ 375, dependendo da composição familiar, e ainda limitado a um benefício por família.

Ainda mais, só recebe o novo auxílio quem recebeu no ano passado e, portanto, já está inscrito nos cadastros públicos usados para a análise dos pedidos. Aqueles que não fazem parte dos cadastros não recebem o benefício, uma vez que não existem novos pedidos.

Leia ainda: Caixa libera saque em dinheiro da 3ª parcela do auxílio emergencial; veja quem tem direito

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.