Caixa libera saque em dinheiro da 3ª parcela do auxílio emergencial; veja quem tem direito

Confira as últimas novidades do auxílio emergencial

1

A Caixa Econômica Federal continua nesta sexta-feira (16) a etapa de saque em dinheiro da terceira parcela do auxílio emergencial, contemplando os beneficiários nascidos em novembro. Nesta data, os trabalhadores podem sacar ou transferir os recursos da 3ª parcela que foram creditados na Poupança Social Digital.

As parcelas podem variar de R$150 a R$375, conforme a composição familiar. Assim, o valor de R$ 150 vai para as famílias com uma única pessoa; R$ 250 para casais e famílias com duas ou mais pessoas; e R$ 375 para famílias nas quais as mulheres garantem sozinhas o sustento do lar.

Saque em dinheiro da 3ª parcela do auxílio emergencial

Para realizar a operação para o saque em dinheiro da 3ª parcela, é preciso fazer o login no aplicativo CAIXA Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora.

O código deve ser utilizado para saque em dinheiro nas agências, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes CAIXA Aqui. E continua disponível aos beneficiários a opção de utilização dos recursos creditados na Poupança Social Digital para a realização de compras, por meio do cartão de débito virtual e QR Code, pagamento de boletos, contas de água, luz, telefone, entre outros serviços.

Fiscalização para combater fraudes no auxílio emergencial

Com a prorrogação do auxílio emergencial 2021 quase 40 milhões de brasileiros serão beneficiados. As parcelas extras serão pagas em agosto, setembro e outubro e para garantir o pagamento a quem tem direito e evitar fraudes, o governo vem adotando uma série de medidas para o dinheiro chegar a quem realmente precisa.

Desse modo, conforme declaração do ministro da Cidadania, João Roma, a Polícia Federal já realizou cerca de 100 operações de combate às fraudes, com expedição de mais de 380 mandados de busca e de 50 mandados de prisão.

Ele explica: “O esforço de fiscalização reúne vários órgãos, Ministério da Cidadania, Polícia Federal, Caixa Econômica Federal, Ministério Público Federal, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União. Esse trabalho integrado é essencial para combater com eficiência os criminosos que tentam fraudar o pagamento do auxílio”.

Veja ainda: Auxílio emergencial em análise? Veja como resolver problemas mais comuns

1 comentário
  1. Rosimeire Ramos Santana Diz

    Quem tiver bloqueado e o caixa tem fornece o código. Retira o dinheiro na loteria

    0
    0
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.