Jovem trans de 13 anos foi morta a pauladas por cobrar dívida de R$ 50 do suspeito

A adolescente foi morta por cobrar uma dívida de R$ 50 por um encontro sexual que teve com o suspeito, de 17 anos

2

As investigações da polícia conseguiram mais informações sobre o assassinato da jovem Keron Ravach, de 13 anos, morta a pauladas, chutes e socos em Camocim (CE). De acordo com as informações, a adolescente foi morta por cobrar uma dívida de R$ 50 por um encontro sexual que teve com o suspeito, de 17 anos.

Leia também: Ataque deixa 3 mortos e 3 feridos no RJ

O caso de Keron foi relatado aqui no Brasil123 e aconteceu na última terça-feira (05). De acordo com o responsável pelas investigações, o delegado Herbert Ponte, a vítima, que foi encontrada morta em um terreno baldio, havia combinado com o suspeito o parcelamento do programa em duas vezes: uma parcela de R$ 30 e a outra de R$ 20.

Jovem espanca menina trans de 13 anos até a morte
O principal suspeito de ter cometido o assassinato é um jovem de 17 anos de idade que está sob custódia e confessou o crime. (Foto: reprodução)

“Ele [a vítima] ficou cobrando e o adolescente, que confessou o crime, disse que não tinha o dinheiro e acabou cometendo esse crime bárbaro”, afirmou o delegado, que ainda revelou que o adolescente já tinha antecedentes criminais por furto e assalto, e era usuário de drogas.

Depois de ser capturado pela polícia, o adolescente prestou depoimento e em seguida foi transferido para um Centro Socioeducativo de Sobral (CE). Por ser menor de idade, foi registrado um ato infracional análogo ao crime de homicídio em desfavor dele.

Escola e Associação Nacional dos trans comentam morte da jovem 

A instituição de ensino onde a jovem, que completaria 14 anos no próximo dia 28 estudava, divulgou uma nota lamentando sobre o caso. “Neste momento de dor e indignação, toda comunidade escolar se solidariza com familiares, amigos e colegas”, diz o texto. Ela foi encontrada morta em um terreno baldio.

Também em nota, a Associação Nacional de Travestis e Transexuais também falou sobre o caso: “Uma criança trans de 13 anos foi brutalmente assassinada no Ceará. Tendo sido espancada com chutes e pauladas. Mais uma vida trans perdida prematuramente em função do ódio e da transfobia, já nos primeiros dias de 2021″.

Leia Também:

2 Comentários
  1. […] Leia também: Jovem trans de 13 anos foi morta a pauladas por cobrar dívida de R$ 50 do suspeito […]

  2. RENATO BATISTA DOS REIS JUNIOR Diz

    Rapaz infelizmente a lei defende o Assassino que vai preso uns meses e depois ai da recebe o Auxílio Recusão …todos presos aqui devia mandar pra China ou pra Tailândia…já que aqui não tem lei.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.