Guedes atribui falta de aumento no salário mínimo à Guerra e pandemia

Acompanhe a declaração do ministro

0

O ministro da Economia, Paulo Guedes, deu uma declaração onde afirma que a falta de aumento do salário mínimo no governo do presidente Jair Bolsonaro é consequência da pandemia da Covid-19 e da guerra da Ucrânia.

Durante o lançamento do Monitor de Investimentos do ministério, Guedes disse que o país está “avançando em direção a um futuro de prosperidade”.

Guedes atribui falta de aumento no salário mínimo à Guerra e pandemia
Guedes atribui falta de aumento no salário mínimo à Guerra e pandemia – Imagem: Shutterstock

Valor do salário mínimo

Em relação à falta de aumento do salário mínimo, o ministro argumentou que o país foi atingido por uma guerra da “comida e da energia” e por uma da “crise sanitária”.

“A verdade é que essa geração pagou pela guerra. Nós pagamos pela guerra. Nós fizemos sacrifícios e ficamos sem aumento de salário, tivemos uma recuperação econômica forte. Não houve aumento de salário real, porque, durante uma guerra, o normal é que haja perdas importantes”, justificou Guedes.

De acordo com o ministro, o governo lutou para manter o salário, os empregos e a capacidade de investimento do Brasil.

Projeção do ideal

Desde 2019, o reajuste do salário mínimo não incorpora ganhos reais aos trabalhadores. Isso porque a correção tem considerado apenas a taxa inflacionária por meio do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

De acordo com estudo de projeções realizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), o valor ideal do ganho em família (considerando 4 pessoas) em abril seria de R$ 6.754,33.

Esse valor levou em consideração diversos fatores, tais como o nível da inflação, o preço médio das cestas básicas pelo país, quando comparado ao valor real do salário mínimo.

No entanto, apesar das dificuldades enfrentadas, também de acordo com o DIEESE, esse mesmo cálculo já teve índices piores.

Por exemplo, em abril de 1995, o salário mínimo ficava em R$ 70 e o valor ideal de recebimento familiar mensal era de R$ 812,78, o que representa uma proporção de 8,612%.

Veja também: Saque Aniversário do FGTS: Trabalhadores nascidos em maio podem resgatar o valor

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.