Em dia de BBB, PSDB divulga Doria como ‘pai da vacina’

Na montagem do PSDB, Doria é anunciado como o "pai da vacina" contra a Covid-19 e um dos participantes do reality show

0

Assim como vem publicando o Brasil123, a sexta-feira (14) está sendo marcada pelo anúncio de quem são os novos participantes do “BBB22“, da “TV Globo”. Para pegar onda na repercussão, o PSDB resolveu publicar uma montagem com a imagem de João Doria, governador de São Paulo e pré-candidato à presidência.

Confira quem são os participantes do BBB22

Na imagem, Doria é anunciado como o “pai da vacina” contra a Covid-19 e um dos participantes do reality show. Na legenda, o partido escreveu: “Vacinas salvam vidas, sim”, escreveu a sigla. Veja a montagem:

Críticas a Doria

Mais cedo, Marcelo Queiroga, ministro da Saúde, reclamou da maneira com que o marketing do governador tem sido feito. A reclamação pública aconteceu depois que Doria organizou um ato para dar início à vacinação de crianças contra a Covid-19.

“Seu marketing não vai mudar a face da sua gestão. Os paulistas merecem alguém melhor”, afirmou Marcelo Queiroga, ironizando ainda que, apesar das tentativas, o governador de São Paulo não conseguirá alcançar números melhores nas pesquisas eleitorais.

“Está com as vacinas do governo brasileiro e do povo brasileiro em mãos fazendo palanque. Acha que isso vai tirá-lo dos 3%. Desista!”, escreveu Marcelo Queiroga.

Vacinas em São Paulo

O ato criticado por Marcelo Queiroga aconteceu no Hospital das Clínicas de São Paulo. Com Doria no local, foram aplicadas as primeiras doses de vacinas contra a Covid-19 em crianças de cinco a 11 anos no estado.

O evento foi bastante parecido com o que aconteceu em janeiro do ano passado, quando, no mesmo local, Doria esteve presente na vacinação de uma enfermeira. A mulher se tornou a primeira pessoa no Brasil a ser vacinada contra a covid-19.

Na época, assim como nesta sexta, Doria também foi alvo de acusações de que ele estaria tentando promover sua imagem. Na ocasião, quem teceu críticas ao governador foi o até então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que disse que o ato do governador foi uma “jogada de marketing” com fins “políticos” e “eleitoreiros”.

Leia também: Vacinação Infantil: Ministério da Saúde anuncia antecipação da chegada de doses contra Covid

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.