‘Desses bandidos que estão aí não tenho medo’, diz vereador durante protesto em cidade de Pernambuco

O vereador, presidente da Câmara, diz que alguns manifestantes foram convocados para o local no dia anterior “por integrantes da prefeitura”

0

Um protesto realizado por moradores foi feito durante uma sessão da Câmara Municipal de Ipojuca, no Grande Recife, Pernambuco,  nesta terça-feira (18). Apesar das manifestações, o que chamou mesmo a atenção foi o comportamento do presidente da Casa, o vereador Deoclécio Lira (PSD), flagrado dizendo que “desses bandidos que estão aí não tenho medo de nenhum”.

Imagens da sessão, postada no Youtube, mostram que as pessoas que estavam presentes na terceira reunião ordinária da Câmara de Ipojuca começaram a se manifestar. No vídeo, é possível ver vereadores conversando e o barulho muito alto vindo das pessoas que estavam acompanhando a reunião.

Em um primeiro momento, o vereador diz que, caso a confusão continuasse, ele iria “interromper a sessão e mandar esvaziar o plenário”. Na sequência, é possível ver ele dizendo que não iria ficar “refém de conversinha nem de algazarra”. Quando o parlamentar diz que “não tem medo dos bandidos que estão por ai”, as pessoas no local passam a vaiá-lo.

O vereador, presidente da Câmara, diz que alguns manifestantes foram convocados para o local no dia anterior “por integrantes da prefeitura”.
O vereador, presidente da Câmara, diz que alguns manifestantes foram convocados para o local no dia anterior “por integrantes da prefeitura”. (Foto: reprodução)

Em nota, a prefeitura da cidade afirmou que a Manúcia Medeiros, representante da gestão, foi chamada para apresentar a execução orçamentária de 2021, mas não chegou nem a começar seu discurso por conta da confusão, que acabou causando o encerramento da sessão, que foi adiada e acontecerá somente no final deste mês.

Também em um comunicado, o presidente da Câmara de Ipojuca ressaltou que sua fala “não foi dirigida à população e sim a algumas pessoas vinculadas à gestão municipal que estavam tumultuando a sessão desta terça-feira”.

Ainda de acordo com ele, alguns presentes foram convocados para o local no dia anterior “por integrantes da prefeitura”. “Eles estavam lá para atrapalhar o trabalho da Câmara, que havia convocado a titular da pasta da Saúde para prestar contas do orçamento gasto em 2021 na área da saúde”, disse.

Por fim ele ainda voltou a dizer que sua “fala foi direcionada a essas pessoas que foram tumultuar a sessão, ofender e intimidar os vereadores que estavam realizando o trabalho ao qual são incumbidos, o de fiscalizar o poder executivo”.

Leia também: Senador acusa ministro do TCU de abuso de autoridade

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.