Damares diz que prefere o Senado, mas aceitaria ser vice de Bolsonaro

Damares confessou que prefere o Senado e que sonha em ser presidente da Casa. No entanto, disse que aceitaria ser vice de Bolsonaro

0

Damares Alves (Republicanos), ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, afirmou nesta quarta-feira (04) que, apesar de preferir ser candidata ao Senado, aceitaria ser vice na chapa do atual presidente Jair Bolsonaro (PL) caso ele a convidasse para o cargo.

“Se ele decidisse que esse é o melhor projeto e que eu seria útil ao governo dele, eu aceitaria”, disse ela nesta quarta-feira (04) em entrevista ao portal “UOL”. “Estou em um projeto nacional com o presidente Bolsonaro, e vou jogar no time e na posição que ele me escalar”, completou Damares.

Hoje, a ex-ministra é pré-candidata ao Senado Federal pelo Distrito Federal (DF). Apesar disso, ela afirma que seu nome segue à disposição para o cargo para “unir toda direita conservadora local”.

Em outro momento, Damares disse que tem o sonho de ser presidente do Senado. A fala aconteceu depois que ela foi questionada sobre sua preferência: ser vice de Bolsonaro ou concorrer a uma vaga como senadora.

“De verdade? Eu queria estar lá na minha chácara cuidando de crianças indígenas. Mas, nesse momento, entendo que preciso participar do processo político eleitoral, unir toda a direita no DF, e confesso que o Senado me encanta muito mais”, respondeu Damares. “Eu quero muito ser presidente do Senado. Serei a primeira mulher presidente do Senado”, completou a ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos.

Damares e bolsonaro
Damares confessou que prefere o Senado e que sonha em ser presidente da Casa. No entanto, disse que aceitaria ser vice de Bolsonaro. (Foto: reprodução)

Em um primeiro momento, Damares, que hoje é cotada para ser candidata como senadora para o Distrito Federal, concorreria a uma vaga no senado pelo estado do Amapá. Por lá, ela iria concorrer diretamente com o ex-presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM). No entanto, após ter dito que não iria mais disputar nenhum cargo, a ex-ministra surgiu com o projeto de ser candidata ao Senado pelo Distrito Federal, onde ela, segundo as pesquisas, aparece com mais chances de vencer.

Leia também: Bolsonaro diz que ‘é bom o DiCaprio ficar de boca fechada’ após ator incentivar jovens a tirar título

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.