Carrapatos e pulgas são perigosos? Descubra doenças causadas por eles

Esses parasitas são comuns, mas podem transmitir doenças sérias

0

Pulgas e carrapatos são parasitas que comumente atacam os cães. Por serem muito comuns, às vezes eles passam despercebidos, ou as pessoas não se preocupam muito com a sua presença. Contudo, eles transmitem aos animais doenças muito sérias. Algumas delas pode, até mesmo, levá-los a óbito. Por isso, eles são perigosos e vocês devem cuidar para prevenir os seus pets de pegá-los. Veja, abaixo, algumas doenças que eles transmitem e formas de evitá-los no seu animal.

Redução de gastos: saiba como economizar e juntar mais dinheiro

Doenças causadas por pulgas e carrapatos

Estes parasitas causam doenças sérias nos pets, algumas de tratamento difícil. Por isso, uma picada de pulgas ou carrapatos pode levar um cão a óbito. Veja, abaixo, duas delas (de menor e maior gravidade, e não são as únicas):

  • Dermatite alérgica: muitos animais possuem alergia a pulgas. Por isso, eles coçam bastante com a sua picada. Contudo, a coceira é o sintoma menos grave que um pet com essa doença pode apresentar. Isso porque ela pode gerar feridas abertas no animal, que podem piorar para infecções mais sérias.
  • Erliquiose: o cão se contamina com essa doença a partir da picada de um carrapato específico. O próprio carrapato contamina-se picando outros animais e é assim que ele transmite a doença entre os cães: picando um cão saudável após picar um contaminado.  Depender da fase em que o dono descobre a doença, ela pode ser fatal, uma vez que o tratamento precisa ser feito quando surgirem os primeiros sintomas. Por isso, preste atenção caso o seu cão manifeste sintomas como febre, secreções ou prostração.

Diagnóstico

Mesmo que o dono observe os sintomas no seu animal, é preciso que um veterinário faça a avaliação do pet. Apenas com a observação feita por um profissional é possível afirmar que há algo de errado com o pet. Muitas vezes, as doenças transmitidas por pulgas e carrapatos apenas são identificadas em exames de sangue, ou exames específicos. É muito importante que o diagnóstico seja precoce, porque isso permitirá o tratamento do animal mais eficaz, com mais probabilidade de cura da doença.

Como aumentar a segurança da casa: você não pode perder essas dicas

Tratamentos

Os tratamentos serão feitos através de remédios específicos. Além disso, eles deverão, sempre, serem receitados por um médico veterinário, que prescreverá a dose correta e avaliará o processo de cura do animal. Além disso, além do medicamento específico, pode ser necessária a prescrição de alguns remédios associados. Por exemplo, remédios para febre, para enjoo, ou para abrir o apetite do animal. Um profissional deve acompanhar todo o tratamento, que fazendo as adaptações para cada caso.

Como evitar que seu cachorro se contamine

Você pode tomar muitas medidas para evitar a infecção do seu pet por picadas de pulgas e carrapatos. É muito importante manter os banhos do seu pet sempre em dia, porque estes parasitas costumam aparecer menos em peles e pelos limpos. Além disso, outra medida a ser tomada é ministrar comprimidos contra pulgas e carrapatos, facilmente encontrados em pet shops. Por fim, existem coleiras com remédios que mantém os parasitas longe da pele dos animais.

Decoração para jardins: várias ideias para deixar o seu mais bonito

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.