Bolsonaro quer esposa em convenção do PL

A presença de Michelle Bolsonaro é importante porque o presidente conta com altas taxas de rejeição entre as mulheres

0

O presidente Jair Bolsonaro (PL) quer que sua esposa, a primeira-dama, Michele Bolsonaro, marque presença na Convenção nacional do PL que acontece no próximo domingo (24). De acordo com informações do portal “UOL”, o chefe do Executivo não abre mão da presença de sua mulher.

CPI: Michelle Bolsonaro pode ser convocada?

Conforme o portal, a presença de Michelle Bolsonaro é importante visto que, hoje, de acordo com as pesquisas de intenções de votos para as eleições deste ano, o presidente conta com altas taxas de rejeição entre as mulheres.

Com o objetivo de contar com a presença da esposa e assim atrair as mulheres, Bolsonaro também convidou Damares Alves (Republicanos), ex-ministra da Mulher, que é amiga da primeira-dama, evangélica e integrante da Igreja Batista, assim como Michelle Bolsonaro.

Ainda de acordo com o “UOL”, Michelle Bolsonaro tem se recusado a participar da campanha, principalmente dos atos que envolvem o partido do marido, pois ela “não gosta” de Waldemar Costa Netto, presidente do PL.

Segundo o “UOL”, Damares teria dito a Bolsonaro que vai se esforçar para convencer a primeira-dama a entrar na missão de se engajar na campanha pela reeleição do marido. Como troca, Bolsonaro pode oferecer seu apoio a Damares, que neste ano deve ser candidata ao Senado pelo Distrito Federal.

Primeira Dama Michelle Bolsonaro está com coronavírus
A presença de Michelle Bolsonaro é importante porque o presidente conta com altas taxas de rejeição entre as mulheres. (Foto: Carolina Antunes / Presidência da República/Divulgação)

Hoje, Damares está em segundo na disputa, atrás somente da ex-ministra-chefe da Secretaria de Governo Flavia Arruda (PL), que é mulher do ex-governador José Roberto Arruda (PL), que deve tentar voltar ao posto nas eleições deste ano.

De acordo com as informações, como o marido de Flavia Arruda é aliado de Bolsonaro, o presidente prometeu revelar ainda nesta semana se vai apoiar a esposa do político ou Damares – caso ele opte por Damares, Flavia Arruda deve desistir das eleições para o Senado para buscar uma vaga na Câmara dos Deputados.

Leia também: ‘Vamos fazer maior 7 de Setembro possível’, afirma Bolsonaro

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.