Bolsonaro diz ter ficado ‘maravilhado com Biden’

Bolsonaro disse que o encontro foi melhor do que ele esperava. Ao todo, os dois estiveram juntos por 50 minutos

0

Jair Bolsonaro (PL), presidente da república, afirmou que ficou “maravilhado” com o presidente norte-americano Joe Biden depois de ter se encontrado com ele pela primeira vez desde as eleições americanas. Ambos estiveram juntos na quinta-feira (09) na Cúpula das Américas, em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Em entrevista ao canal “CNN Brasil”, o chefe do Executivo classificou o encontro como “excepcional”. “Estou muito feliz. Posso dizer que estou maravilhado com ele. Não estou errando em falar dessa maneira. Ficamos quase meia hora conversando reservadamente”, disse o presidente.

Já em entrevista ao jornal “O Globo”, o presidente disse que o encontro foi melhor do que ele esperava. Ao todo, os dois estiveram juntos por 50 minutos. Primeiro, Biden e Bolsonaro estiveram presentes em uma reunião aberta, que durou 20 minutos. Depois, ambos conversaram por 30 minutos de forma reservada. Além deles, somente tradutores estiveram no encontro.

“Foi excepcional, muito melhor do que eu esperava. Naquela aberta a vocês, colocamos os pontos básicos e depois fomos para a reservada, confidencial, segredo de Estado. Vão ficar curiosos, segredo de Estado. […]”, começou o presidente.

“Há um interesse sim dos EUA muito grande no Brasil, e a recíproca é verdadeira. E se a gente conseguir realmente consolidar, ampliar esse eixo Norte-Sul, será bom para todo mundo”, disse ele de acordo com uma publicação do jornal “O Globo”.

Bolsonaro disse que o encontro foi melhor do que ele esperava. Ao todo, os dois estiveram juntos por 50 minutos.
Bolsonaro disse que o encontro foi melhor do que ele esperava. Ao todo, os dois estiveram juntos por 50 minutos. (Foto: reprodução)

Segundo Bolsonaro, Biden “concorda” com a posição do governo brasileiro em relação à Amazônia e o papel importante do país na preservação ambiental. Ainda conforme o chefe do Executivo brasileiro, o presidente americano afirmou que existe interesse dos Estados Unidos em auxiliar na recuperação econômica do Brasil.

“Falamos abertamente sobre Amazônia, depois reservadamente. Ele concorda conosco. Ela é muito grande. O Brasil é um exemplo para a preservação ambiental do mundo todo. Temos pela frente a questão de energia limpa, como a eólica”, disse Bolsonaro.

Leia também: Aliados dizem que além da inflação, falhas na comunicação afetam Bolsonaro

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.