Auxílio Caminhoneiro vai ser dobrado para quem tem mais de um veículo?

Pagamentos começam oficialmente em agosto, mas questionamentos não param de surgir

0

O pagamento do auxílio caminhoneiro ganhou nesta segunda-feira (25) uma data oficial: 9 de agosto. Isso quer dizer que daqui a duas semanas os trabalhadores da categoria receberão o voucher de R$ 1 mil do governo federal. Aliás, no próximo mês, o valor será dobrado, pois os profissionais receberão as parcelas referentes a julho e agosto.

Em resumo, mais de 900 mil caminhoneiros do país terão direito ao auxílio, que será pago em seis parcelas, até dezembro. Embora o pagamento do benefício ainda não tenha começado, as dúvidas entre os brasileiros não param de surgir. E uma das mais recorrentes se referiu à possibilidade de pagamento dobrado ao profissional que possuir mais de um caminhão.

De acordo com o Ministério da Cidadania, o auxílio não terá qualquer relação com a quantidade de veículos que o caminhoneiro possua. Além disso, outros pontos também não irão aumentar a parcela do benefício, como rendimento mensal ou jornada de trabalho do caminhoneiro, por exemplo.

Assim, os profissionais que esperavam receber um valor mais robusto por passar muito tempo na estrada ou por ter mais de um caminhão podem esquecer essa ideia.

CAIXA TEM: empréstimos podem chegar a R$ 4,5 MIL; confira

Veja mais detalhes sobre o auxílio caminhoneiro

Vale destacar que esses questionamentos sobre o auxílio dobrado acontecem devido ao calendário de pagamento. Como o benefício será dobrado em agosto, muita gente chegou a acreditar que outros fatores também poderia turbinar ainda mais o auxílio. Contudo, as duas parcelas a serem pagas em agosto se referem a dois meses do benefício.

A saber, a “PEC Kamikaze”, promulgada pelo Congresso Nacional no último dia 14, determinou o pagamento de seis parcelas do auxílio caminhoneiro até o final do ano. No entanto, como só faltam cinco meses para 2022 chegar ao fim, o governo federal precisará pagar duas parcelas em um único mês, e isso acontecerá em agosto.

Em outras palavras, os meses seguintes, de setembro a dezembro, terão o pagamento do “voucher” de R$ 1 mil. O valor não será dobrado e nem turbinado por qualquer característica dos beneficiários. Em suma, é isso o que determina a emenda constitucional.

Veja abaixo o calendário de pagamento do auxílio caminhoneiro:

  • 1ª e 2ª Parcelas: 9 de agosto;
  • 3ª Parcela: 24 de setembro;
  • 4ª Parcela: 22 de outubro;
  • 5ª Parcela: 26 de novembro;
  • 6ª Parcela: 17 de dezembro.

Leia também: Brasil terá inflação de 7,30% em 2022, projeta mercado financeiro

5/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.