AUXÍLIO CAMINHONEIRO: “Sei que é pouco, mas é ajuda”, declara Bolsonaro

Confira as recentes declarações do presidente a respeito do novo benefício

0

Diante da aprovação no Senado Federal da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que amplia os benefícios sociais em ano eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro (PL) fez uma declaração sobre o auxílio caminhoneiro de R$ 1.000 a ser oferecido para a categoria.

“Sei que é pouco, sei que caminhoneiro gasta bastante combustível, mas é uma ajuda que a gente está dando”, afirmou o chefe do Executivo em transmissão ao vivo nas redes sociais.

Novo benefício com o Auxílio Caminhoneiro e aumentos

O texto da PEC, encaminhada agora à Câmara dos Deputados, além da criação do auxílio caminhoneiro, também aumenta o valor do Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600, dobra o valor do Auxílio Gás e aciona o estado de emergência ao País.

A saber, essa condição se faz necessária para aumentar benefícios sociais em ano eleitoral.

“E vem mais coisa também de redução de impostos de combustíveis nessa PEC”, disse o presidente aos espectadores da transmissão ao vivo.

Vale destacar que o relatório do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) prevê R$ 3,8 bilhões para compensar Estados que reduzam as alíquotas de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o etanol para manter a competitividade do biocombustível em relação à gasolina.

Leia ainda: Restituição Imposto de Renda: Mudei de conta bancária, como receber? Descubra aqui

Quando começam os pagamentos?

Como mencionado no início do artigo, a PEC ainda deve passar pelo aval da Câmara dos Deputados, portanto, não é uma medida que já está vigente.

No entanto, a expectativa do governo é que o texto possa ser aprovado rapidamente, e desse modo, o primeiro pagamento poderia ocorrer já em agosto.

É importante mencionar que o tanto o novo benefício como o aumento daqueles já existentes, serão válidos apenas até o final de 2022.

Desse modo, se o auxílio caminhoneiro começar mesmo em agosto, até dezembro serão repassadas 5 parcelas no valor de R$ 1.000 cada.

Leia também: CALENDÁRIO DO AUXÍLIO BRASIL de junho; confira a programação dos pagamentos

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.