Após longa espera, Ministério da Economia autoriza concursos para o INSS e Receita Federal; confira

1 mil vagas são destinadas a técnico do seguro social e 699 são para auditor-tributário e analista-tributário da Receita Federal

0

Foi autorizado pelo Ministério da Economia, e publicado no Diário Oficial da União (DOU) nesta segunda-feira, 13 de junho, a realização de concursos públicos. De acordo com as Portarias nº 5.315 e 5.348, as vagas são destinadas ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e à Receita Federal do Brasil (RFB).

Ao todo, serão 1.699 vagas, sendo elas para Técnicos do Seguro Social – do INSS –, auditor-tributário e analista-tributário – da Receita Federal. Veja mais detalhes a seguir.

Sobre as vagas

Para o cargo de Técnico do Seguro Social do Instituto Nacional do Seguro Social, serão 1 mil vagas. Os candidatos interessados devem ter ensino médio completo.

Para a Receita Federal, o concurso será para o preenchimento de 699 vagas, sendo elas:

  • 230 para auditor-tributário;
  • 469 para analista-tributário.

No caso do concurso público da Receita Federal, exige-se do candidato o nível superior.

Quando foram os últimos concursos desses órgãos?

No caso do concurso para os cargos de Analistas e Técnicos do Seguro Social, o último edital foi lançado em dezembro de 2015, com 950 vagas. Entretanto, o número de oportunidades foi bem inferior ao solicitado pelo INSS na época, que havia pedido 7.575 vagas, sendo 1.571 para o cargo de Analista do Seguro Social e 6.004 para o cargo de Técnico do Seguro Social.

A banca organizadora do concurso foi o Cebraspe.

Já o concurso da Receita Federal para os cargos citados anteriormente, ocorreu em 2014, com 278 vagas.

O que se sabe até o momento sobre os atuais concursos?

Ambos os concursos dependem exclusivamente do Ministério da Economia, pois estão condicionados à adequação orçamentária e financeira, incluídas na nova Lei Orçamentária Anual, seguindo a compatibilidade da Lei de Diretrizes Orçamentárias.

De acordo com o portal de notícias G1, os editais deverão ser publicados em até seis meses após a data de publicação das portarias, que aconteceu nesta segunda, 13 de junho de 2022, ou seja, o prazo para as publicações dos editais é até 13 de dezembro de 2022.

Entretanto, o prazo para a publicação do edital do concurso da Receita Federal e a realização da primeira prova, foi reduzido em dois meses. Isso quer dizer que os candidatos interessados nessas vagas terão menos tempo para estudar e se preparar para a primeira etapa, que é a prova objetiva.

Leia também: Mais de 30% da renda dos brasileiros sem casa própria são para pagar aluguel

5/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.