5 dicas para equilibrar a vida pessoal e profissional

Saiba separar a vida pessoal da profissional, para evitar esgotamento

0

A vida não é só trabalho. Pelo contrário, o trabalho deve ser apenas uma parte da sua vida. De acordo com a revista online Gama, profissionais da saúde recomendam que os trabalhadores não devem abrir mão do repouso e descanso do trabalho, a fim de obter equilíbrio e saúde.

No entanto, é possível perceber muitos trabalhadores aflitos com a situação atual no Brasil e no mundo, com altas taxas de desempregos, e acabam virando reféns da própria saúde. Os trabalhadores, por vezes, se dedicam muito ao trabalho por medo de ser despedidos. Mas trabalhar muito é sinônimo de rendimento. Isso podemos notar na matéria sobre a semana de quatro dias.

Dicas para manter o equilíbrio profissional e pessoal

Listamos algumas dicas para que você possa exercitar a prática do equilíbrio na vida pessoal e profissional.

Dica 1 – Lazer e trabalho não se misturam

O corpo humano é uma máquina para o trabalhador que, se não cuidar, pode entrar em colapso. Por esse motivo, é necessário que os servidores entendam que o trabalho deve fazer parte da vida, mas não o oposto.

Reserve o tempo da sua folga para passear, curtir a família e/ou os amigos. Pratique atividade física, viaje, exerça algo que lhe dê prazer.

O trabalhador deve ficar atento quando áreas de sua vida pessoal estejam ficando retraídas. Isso é um alerta para um possível colapso.

Dica 2 – O “trabalho dos sonhos” nem sempre existem

Dificilmente os trabalhadores terão um “trabalho dos sonhos”. E isso se dá pelo fato das constantes mudanças em todos os setores: trabalhistas, econômico, legislativo, entre outros. Qualquer fator pode interferir no trabalho. E isso pode se tornar um pesadelo.

A chamada geração millennial (ou Y) vem sendo considerada a “geração do burnout”. Isso porque uma pesquisa realizada pela Gallup revelou que de 7,5 mil trabalhadores americanos entrevistados, 28% da geração Y relataram sentir a Síndrome de Burnout.

Um dos motivos para este acontecimento é a autocobrança, já que essa geração de trabalhadores conta com menor estabilidade na carreira. No entanto, muitas empresas aproveitam da dedicação dos millennials ao trabalho, pagando salários menores e exigindo uma carga horária maior.

A consequência é um esgotamento físico e mental, já que nos dias de hoje muitos se preocupam em estar empregado como a principal atividade da vida.

Dica 3 – Viva com qualidade

Os trabalhadores muitas vezes passam a desenvolver um hábito não saudável com base na sua eficiência no trabalho. Se no trabalho não está tudo 100% a seu ver, então não se alimenta direito, passa a não realizar atividades que antes tinha prazer e até mesmo o sexo é deixado de lado.

A dica que a especialista Vera Iaconelli cita à revista Gama é que o trabalhador deve manter uma relação de prazer com o próprio corpo e lazer.

Dica 4 – Sono de qualidade

O sono é essencial para poder descansar o cérebro das toxinas produzidas nos desequilíbrios da vida cotidiana.

Dormir bem é um antídoto natural contra o cansaço intenso. Então, ao invés da busca extrema por produtividade, procure ter uma boa noite de sono e descanso. Dessa forma você evita chegar a exaustão além de manter um hábito saudável.

Dica 5 – Desconectar é necessário

Uma forma de descontração muito procurada nos dias atuais é a busca por conteúdos online como filmes, aulas, livros, vídeos e terapias. Mas a melhor forma de se desconectar e desacelerar é se afastar do mundo virtual.

Procure conexões com a natureza, com pessoas e com o meio ambiente. O isolamento social criado em decorrência da pandemia do coronavírus se intensificou muito nos últimos anos.

No entanto, para o bem-estar e equilíbrio, é preciso ter proximidade com elementos naturais, pois, de acordo com o livro “A Última Criança na Natureza”, eles melhoram a produtividade dos trabalhadores.

 

Leia também: Congresso aprova salário mínimo de R$ 1.294 para 2023

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.