Vendas pré-Black Friday disparam 31% neste ano, diz consultoria

Faturamento do varejo on-line chega a R$ 2,8 bilhões; segmentos de eletrodomésticos e telefonia e celulares lideram faturamento

0

As vendas pré-Black Friday tiveram um desempenho expressivo neste ano. A saber, o varejo on-line do país registrou um faturamento de R$ 2,8 bilhões entre 18 e 24 deste mês. Estes são os sete dias anteriores à Black Friday, que acontecerá nesta sexta-feira (26). Aliás, o valor superou em 31% o montante alcançado em 2020.

De acordo com o levantamento da consultoria NielsenIQ|Ebit, o faturamento em 2020 chegou a R$ 2,1 bilhões. Esse montante já havia superado em 41% o faturamento das vendas on-line do país em 2019. Isso ocorreu, principalmente, devido à pandemia da Covid-19, que impulsionou o e-commerce por causa das restrições de circulação de pessoas no país.

Além disso, o levantamento revelou que o valor médio (ticket) das compras ficou em R$ 533. Em resumo, esse valor superou em 14% a média de 2020 (R$ 466). Já o pico do faturamento das vendas na pré-Black Friday ocorreu no dia 24, atingindo R4 612 milhões em vendas. Nesse caso, o auge superou em 46% o pico registrado em 2020.

Veja mais detalhes do levantamento

A consultoria também revelou que a categoria de eletrodomésticos respondey por 22% das vendas realizadas no período. Em seguida, ficaram os segmentos de telefonia/celulares, concentrando 19% da receita gerada, e casa e decoração, com 13% do total. Por sua vez, os eletrônicos responderam por 9% do faturamento, com destaque para os smartphones.

Já em volume de vendas, houve 5,1 milhões de pedidos no e-commerce entre os dias 18 e 24 deste mês. Em suma, o valor corresponde a um crescimento de 11% na comparação com o mesmo período de 2020 (4,6 milhões de pedidos). Aliás, o valor registrado no ano passado ficou 23% maior que o volume observado em 2019.

Por fim, o levantamento ainda revelou que 52,8% das vendas tinham frete grátis. No ano passado, as compras da pré-Black Friday com frete grátis concentraram 51,3% do total. Já o valor médio do frete pago passou de R$ 37,70 em 2020 para R$ 41,80 no mesmo período deste ano.

Leia Mais: Veja ranking de empresas com mais reclamações na Black Friday de 2020

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.