Valor do Auxílio Brasil vai mudar? Confira as informações atualizadas

Valor mínimo do programa social no momento é de R$ 400

0

De acordo com a programação do Governo Federal, o valor mínimo do Auxílio Brasil será mantido até o final do ano no patamar de R$ 400.

Quem acompanha o Brasil 123, sabe que a questão do valor do benefício voltou à pauta de discussões por conta da Medida Provisória (MP) do programa, que está em tramitação no Congresso Nacional.

Para quem não está familiarizado no que diz respeito à composição total do Auxílio Brasil, é válido mencionar que no final do ano passado, o presidente Jair Bolsonaro assinou uma MP que institui o chamado Benefício Extraordinário.

Em resumo, este é um complemento para que todos aqueles que estão enquadrados no programa social alcancem o valor de R$ 400. Isso porque o valor médio do Auxílio Brasil sem esse complemento, fica na casa dos R$ 224.

Tal documento prevê que os repasses nesse patamar ficam garantidos até dezembro de 2022.

E cabe aqui destacar que o prazo para o Congresso aprovar ou rejeitar a MP do Auxílio Brasil, sem que a medida perca a validade, é dia 16 de maio.

Existem informações de bastidores que a estratégia do governo seria deixar a medida provisória que complementa os pagamentos do programa caducar e, em seguida, editar um decreto para fixar o benefício em R$ 400 até o fim de 2022.

No momento, é preciso acompanhar os trâmites dos próximos dias para ver o desfecho dessa questão.

O valor do Auxílio Brasil não vai aumentar?

Existem propostas que defendem a elevação do Auxílio Brasil para R$ 600, no entanto, de acordo com o jornal O Estado de São Paulo, os próprios membros do governo são desfavoráveis à ideia, por conta do comprometimento do orçamento, que teria um impacto danoso à economia.

Nesse contexto, em entrevista nesta terça-feira (26), o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) ressaltou que o Congresso Nacional “precisa ter responsabilidade” sobre o tema.

Ainda mais, Lira pontuou que o patamar atual do Auxílio Brasil é “responsável e suficiente”.

Leia também: Vale-gás: Governo não fará pagamentos em maio; veja quem ainda recebe esta semana

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.