Sete pessoas morrem após torre de transmissão de energia cair no Pará

De acordo com as informações, no momento da queda da torre, construída para levar energia até o Amapá, ao menos 26 pessoas estavam presentes no local

0

A queda de uma torre de transmissão de energia elétrica entre os municípios de Anapu e Pacajá, no sudoeste do Pará, culminou na morte de sete pessoas na tarde desta sexta-feira (16). De acordo com as informações, a torre estava sendo construída em uma comunidade chamada Bom Jardim.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Pacajá revelou que, dos mortos, seis foram a óbito ainda no local. A outra vítima acabou morrendo no Hospital Municipal da cidade. Além das pessoas que perderam suas vidas, a secretária informou que outras cinco ainda estão recebendo atendimento médico na unidade.

De acordo com o portal “UOL”, ainda não existem informações sobre o estado de saúde das pessoas feridas. Todavia, sabe-se que a unidade de saúde onde elas estão registrou uma grande movimentação após o ocorrido.

Sete pessoas morreram na queda da torre, construída para levar energia até o Amapá. (Foto: reprodução)
Sete pessoas morreram na queda da torre, construída para levar energia até o Amapá. (Foto: reprodução)

Depois do acidente, o Núcleo Avançado do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves de Tucuruí foi acionado para a remoção dos corpos, no entanto, nenhuma vítima foi identificada, até então.

Segundo as autoridades em Pacajá, a torre que acabou caindo estava sendo construída por uma empresa particular e fazia parte de um projeto que tem como objetivo levar energia elétrica da usina hidrelétrica de Belo Monte para o estado do Amapá.

Conforme as testemunhas que moram na região, as obras na torre ainda não estavam finalizadas e nem havia energia na estrutura no momento da tragédia, que tinha, segundo os relatos, ao menos 26 pessoas na hora da queda.

Assim que divulgado o acontecimento, o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), foi às redes sociais lamentar o acidente e afirmar que o governo “está dando toda assistência ao município de Pacajá, que fica próximo ao local do acidente”, acionando o Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

Por fim, o governador ainda publicou que as vítimas estão sendo encaminhados para o Hospital Regional da Transamazônica, em Altamira.

Leia também: STF decide que é válida lei que proíbe corte de energia durante pandemia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.