Por que margarina faz mal à saúde?

0

A margarina está presente em nosso dia a dia, desde o café até o lanche da tarde, ela está no pão, nas receitas de bolo, na textura do brigadeiro de panela. Mas é um tipo de alimento que você deve cortar de uma vez por todas de sua alimentação.

Afinal, não tem discussão: apesar de mais barata que a manteiga, a margarina faz mal à saúde. Ao olhar para a lista de ingredientes das margarinas, é possível perceber o quanto elas se afastam do conceito de “comida de verdade”.

Sobre a margarina

Margarina é uma mistura de gordura vegetal hidrogenada, corantes e outros aditivos. Dependendo da marca, o número de aditivos pode passar de dez.

Ela foi desenvolvida ainda no século 19 como substituta mais barata da manteiga. Atualmente, encontramos nas prateleiras de mercados pequenos e grandes, diversas variações da famosa margarina: com sal, sem sal, light, cremosa, sem gordura trans e aerada. Sua produção consiste no óleo vegetal através da hidrogenação, reação química em que o componente líquido se transforma em sólido.

A gordura trans está presente em muitos alimentos, principalmente naqueles que passam por algum processo químico. Como a gordura trans é fruto de um processo químico, nosso corpo não consegue processá-la como faria com alimentos naturais.

Por esse motivo, o consumo desse tipo de gordura causa desequilíbrio no organismo, como aumento do risco de infarto, disfunções imunológicas, danos ao fígado, distúrbios digestivos, aumento do risco de câncer, doenças cardíacas e principalmente transtornos do metabolismo do colesterol (aumento do LDL – colesterol ruim). Para que a margarina não prejudique tanto sua saúde, procure substituí-la pela manteiga.

Opte pela manteiga

Já a grande maioria das manteigas no mercado leva apenas creme de leite e sal na sua composição (sendo ainda o sal opcional, no caso das manteigas sem sal). Para produzir em casa, basta ter creme de leite fresco e uma batedeira. Mesmo sendo natural e metabolizada pelo corpo, a manteiga é rica em gorduras saturadas e, por isso, não deve ser consumida em excesso.

O que normalmente vocês utilizam em casa no dia a dia?

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.