Brigas constantes na relação: veja como acabar com elas

1

Todos os casais passam por brigas constantes na relação em algum momento. Isso torna o relacionamento tóxico e que pode, muitas vezes, levar ao término. Um machuca o outro com ofensas e traumas do passado e isso não deveria acontecer. Portanto, foi pensando justamente nisso que o Brasil 123 separou algumas dicas para te ajudar a acabar com elas. Quer saber mais? Então continue a leitura conosco!

1. Quais os motivos

Quem é que nunca ouviu alguém que namora ou é casado dizendo que o (a) parceiro (a) sempre briga por motivos bobos? “Esqueço de levar o lixo para fora e começa a briga, não faço isso ou aquilo em casa e começa…”

Geralmente, esses motivos pequenos que causam explosão são causas de coisas maiores que o outro não contou. Infidelidade, dificuldade em ter orgasmos, problemas com o trabalho e muito mais coisas podem fazer com que uma coisa simples possa parecer enorme e que você não saiba. Será que está brigando apenas por não ter levado o lixo para fora?

É muito comum ver mulheres brigando com os maridos porque muitos deles não ajudam nas tarefas domésticas. Então, devem cuidar dos filhos, da casa e do emprego. Como consequência, os níveis de estresse aumentam, não conseguem ter bom desempenho sexual, o corpo fica tenso e muitos outros sintomas.

2. Somente com a cabeça fria

Não há nada de errado em deixar para conversar depois sobre um assunto. Muito pelo contrário! O errado está em buscar forçar uma resolução enquanto alguém está de cabeça quente. Ninguém consegue pensar nestes momentos. No momento de surto e raiva, é muito mais fácil que o outro xingue ou crie críticas generalizadas.

3. Estamos no piloto automático? Como corrigir?

Busque saber se não estão no piloto automático com as brigas e o porquê (motivo realmente verdadeiro) delas ocorrerem. Após isso, pense em formas de corrigir e se responda: a relação está indo do morno ao frio?

Se sua resposta for sim e ainda estiver disposto a melhorar a corrigir a situação. Pense em formas de como arrumar isso. Será que não seria uma boa ideia sair mais para restaurantes, apimentar relação ou fazer mais viagens?

4. Tendo mais empatia

Empatia é compreender o lado do outro. Tente entender os motivos que o levou a errar ou brigar. Nenhum casal terá brigas constantes por motivos fúteis, sempre há algo por baixo do tapete que não foi resolvido. Busque saber e tratar isso.

E então, tem mais alguma dica de como acabar com brigas constantes no relacionamento? Comenta com a gente!

Leia Também:

1 comentário
  1. […] uma briga com amigos ou cônjuge, é normal que queiramos ser ouvidos. Entretanto, é comum que aquele que está errado na história […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.