Pagamento das parcelas extras do auxílio emergencial 2021 tem critérios de desempate; saiba mais

Por ser pago a apenas um dos membros da família, o governo criou formas de selecionar o beneficiário mais adequado para receber o auxílio

0

Quando foi criado em 2020, o auxílio emergencial repassou o pagamento do benefício para até dois membros da mesma família. No entanto, em 2021 o atendimento foi alterado e o Governo Federal determinou que apenas um membro por família tem direito às parcelas. Tendo isso em vista, as parcelas do auxílio emergencial 2021 serão pagas até outubro e serão regidas pelo mesmo regulamento.

Entre as regras que estabelecerão a operacionalização do auxílio, o mesmo critério de desempate entre os membros da família será utilizado. Saiba melhor sobre o assunto agora mesmo.

Pagamento das parcelas extras do auxílio emergencial 2021 tem critérios de desempate; saiba mais
Pagamento das parcelas extras do auxílio emergencial 2021 tem critérios de desempate; saiba mais – Imagem: Divulgação bahianoar

Auxílio emergencial 2021 e os critérios de desempate

De acordo com as regras de participação do auxílio emergencial, mais de uma pessoa poderia receber o benefício, caso a participação estivesse condicionada somente aos fatores de renda.

Contudo, somente uma pessoa por família tem direito à nova rodada do benefício em 2021. Assim sendo, o governo elaborou alguns critérios que servem para desempatar os membros; confira quais são:

  • Entre um homem e uma mulher, a prioridade será da mulher;
  • Uma mulher com crianças terá nível de prioridade ainda maior;
  • Entre duas mulheres da mesma família, a mais velha terá prioridade;
  • Caso as duas mulheres tenham a mesma idade, a escolhida será por ordem alfabética.

Portanto, as mulheres têm a prioridade no recebimento do auxílio. Os critérios de desempate também são utilizados com os beneficiários do Bolsa Família. Porém, em 2021, diversos participantes que tiveram o programa substituído pelo auxílio no ano passado não estão recebendo as cotas, pois o grupo tem direito ao benefício de maior valor, o que na maioria dos casos é o próprio Bolsa Família.

Como saber qual dos membros é elegível ao benefício

O membro elegível ao auxílio é aquele que tem direito de receber as parcelas. Dessa forma, para saber qual dos membros recebe o auxílio, basta acessar o site da Dataprev.

Para isso, deve-se estar conectado à internet (via celular ou computador) e informar os dados pessoais requeridos, como nome completo, nome da mãe, CPF e data de nascimento. O sistema informará qual a pessoa aprovada e quais os critérios ela está atendendo, bem como o valor que receberá por meio do auxílio.

Veja ainda: Governo não descarta estender o auxílio emergencial 2021 depois de outubro; entenda melhor

Acompanhe as notícias do Brasil123, clique aqui.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.