O que é gengivite: veja como tratar e prevenir

Confira agora algumas dicas para cuidar do problema de gengivite e como prevenir

0

A nossa boca é um lugar cheio de bactérias naturais que cumprem um papel importante na nossa saúde. Entretanto, quando o cuidado com esse ambiente é diminuído, ele se torna propício à invasão de micróbios, o que pode deixar o meio doente e afetar outras estruturas. Assim é importante tratar e prevenir uma gengivite muito rapidamente. Veja mais aqui no Brasil 123.

Desse modo, com uma higiene oral deficiente, aquelas bactérias que não fazem bem à boca começam a se proliferar, irritam a gengiva e causam uma inflamação. Assim, embora existam diversas causas para essa condição, o mais ideal é sempre melhorar a limpeza bucal.

Confira como tratar e prevenir a gengivite

A origem do processo inflamatório é algo que está sempre ocorrendo e que buscamos conter a cada escovação: a proliferação da placa bacteriana. Todas as pessoas estão suscetíveis a esse quadro, basta negligenciar a limpeza local ou realizá-la de forma incorreta ou insuficiente.

Um dos sintomas mais comuns são os sangramentos, o aumento do volume gengival e, mais raramente, dores na região. Quando a inflamação se instala, ela geralmente fica restrita à própria gengiva, o que facilita o processo para tratar e prevenir a gengivite. Contudo, se o processo continuar por mais tempo, é aconselhável buscar uma avaliação profissional.

Prevenção

Manter uma escovação completa, após as refeições, ao acordar e antes de dormir, incluindo a limpeza das gengivas, céu da boca e língua, é um passo fundamental para tratar e prevenir gengivite. Então, podem ser usados para tal um fio dental, uma pasta de dente, uma escova (macia ou extra macia) e um enxaguante bucal (coadjuvante nas ações de prevenção).

Escove os dentes três vezes ao dia por pelo menos dois minutos com uma escova e um creme dental. Isso ajuda a remover fisicamente a placa bacteriana ao longo da linha da gengiva e mantém uma vedação mais firme na boca. Ainda, use o fio dental ou uma escova interdental para remover a placa bacteriana das áreas de difícil acesso.

Tratamento

Além do mais, se a inflamação estiver grave, vá ao dentista, que é o profissional indicado para ajudá-lo a evitar o agravamento do problema. Quando diagnosticada, a gengivite é tratada com a remoção das placas bacterianas e do tártaro (raspagem). No mais, os dentes e suas raízes são tratados com uma limpeza manual ou usando um aparelho.

Então, quando o processo é identificado ainda no começo, é possível tratar a gengivite utilizando cremes dentais e enxaguantes bucais específicos. Eles combatem as bactérias e têm ação anti-inflamatória, facilitando a recuperação dos tecidos.

A consulta regular ao dentista é importante para prevenir doenças bucais - Reprodução AdobeStock
A consulta regular ao dentista é importante para prevenir doenças bucais – Reprodução AdobeStock

Se não tratada, pode piorar?

Além disso, se não houver um hábito de prevenir a gengivite, ou, ainda, de não a remediar, haverá uma intensificação cada vez maior dos sintomas. Assim, o problema, que antes estava localizado em apenas uma região da boca, pode se espalhar e atingir até mesmo o osso.
Assim, é essencial não descuidar de sua saúde bucal. É importante ir ao dentista a cada 6 meses e sempre realizar a profilaxia dentária, para prevenir a doença e realizar a manutenção da higienização profissional.

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.