Na Bahia, prefeito assina decreto para receber apenas o salário mínimo

Durante todo o ano de 2021, o prefeito de Jacobina, na Bahia, vai receber apenas os R$1.100. Esse é o valor do salário mínimo

1

A cidade de Jacobina, na Bahia, ganhou as manchetes nacionais nesta semana. O motivo: o novo prefeito do município, Tiago Dias, decidiu viver apenas com um salário mínimo. Ele já assinou o decreto que diminuiu portanto o seu próprio salário.

De acordo com as informações oficiais, o valor do salário dele baixou de R$15 mil para R$1.100. Isso significa portanto uma queda de 92% no valor. Em entrevista, o prefeito, que é do PCdoB, disse que a medida visa aproximá-lo do trabalhador.

“O trabalhador e a trabalhadora que ganham um salário mínimo, que são 90% no nosso município, não têm carro à disposição como eu tenho, abastecido, com motorista, não têm o status de prefeito. Eu sou diferente do trabalhador? Não, não posso estar nem acima nem abaixo do trabalhador, tenho que estar lado a lado”, disse o prefeito.

Ele também afirmou que a diminuição do seu próprio salário vai economizar cerca de R$170 mil no ano. Esse dinheiro, ainda de acordo com ele, vai servir para instituições que cuidam de crianças no município baiano.

O prefeito citou ainda a pandemia do novo coronavírus como um dos motivos para essa redução do salário. De acordo com ele, o momento exige um “corte na carne” das contas para ajudar no combate à pandemia por lá.

Salário do prefeito

Nas redes sociais muita gente elogiou o prefeito e pediu para que outros gestores façam o mesmo neste momento. Mas ainda não é possível saber se essa onda vai pegar. Algumas pessoas  também criticaram o gestor dizendo que essa é uma medida populista.

Sobre isso o prefeito disse em entrevista que não está usando isso para ser popular. Ele afirmou que não falou que diminuiria esse salário na campanha e sim apenas depois que ganhou. Ele chegou para a sua posse montado em um boi.

Leia Também:

1 comentário
  1. […] também: – Na Bahia, prefeito assina decreto para receber apenas o salário mínimo – Em reunião, sindicatos decidem seguir pressão por Auxílio […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.