Mulher que se orgulhava de recusar vacina morre de Covid-19 e deixa 4 filhos

Norte-americana usava um filtro nas redes sociais com os dizeres "sem máscara, sem mordaça e não vacinada"

0

A norte-americana Kristen Lowery, de Escalon, na Califórnia, morreu de Covid-19 aos 40 anos após recusar a vacina contra o novo coronavírus. Nas redes sociais, ela se gabava de ser uma mulher “sem máscara, sem mordaça e não vacinada”, conforme dizia o filtro na foto de perfil dela no Facebook. Kirsten deixou 4 filhos: Tayden, McKenna, Ella e Ryenn.

A família de Lowery fez uma campanha de arrecadação online para cobrir as despesas do funeral. Janel Vallotton, organizadora da vaquinha no site GoFundMe, afirmou que Kristen morreu “repentina e inesperadamente”.

Pouco antes da morte de Kristen, a irmã dela, Cassie, chegou a postar sobre o caso nas redes sociais. “Minha irmã, Kristen, está no hospital lutando por sua vida contra a covid e a pneumonia”, escreveu.

“Kristen ainda tem uma vida longa. Precisamos de vocês. Os filhos dela amam e sentem sua falta. Não me interessa a sua opinião sobre vacinados ou não. Não se trata de política”, disse Cassie.

Familiares lamentam morte de mulher que recusou vacina contra Covid-19

No Facebook, Kristen usava um filtro com os dizeres ‘Sem máscara. Sem mordaça. Não vacinada. Sem medo. Juntos nós venceremos’. Entre suas postagens, há conteúdo com mensagens antivacina. Um deles continha uma foto dela ao lado de uma placa com a frase: “Dê voz aos ofendidos pela vacina”.

Após a morte de Kristen, a família dela também usou as redes para comunicar aos amigos e parentes que a mulher havia perdido a batalha contra a Covid-19. A tia dela lamentou a morte de sua “linda sobrinha” nas redes sociais, confirmando relatos que circulavam na imprensa norte-americana.

Os Estados Unidos é um dos países com o maior estoque de vacinas contra Covid-19 no mundo. No entanto, como parte da população se nega a tomar o imunizante, o país conseguiu vacinar apenas 55% dos habitantes de todas as idades. Por conta disso, o país vive um novo surto de casos de Covid-19 e de mortes pela doença, principalmente em estados com baixa cobertura vacinal.

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.