Ministério do Trabalho e Ministério da Economia assinam acordo para redução de custos

Também foi assinada portaria conjunta que prorroga prazo e realização das ações coordenadas entre as duas pastas

0

Foi assinado, nesta sexta-feira (27), um Acordo de Cooperação Técnica entre o Ministério do Trabalho e Previdência (MTP) e o Ministério da Economia (ME).

O objetivo é manter uma atuação coordenada das unidades descentralizadas das duas pastas, com objetivo de racionalizar a alocação de recursos.

Durante o evento, também foi assinada Portaria Interministerial, que prorroga o prazo de realização das ações coordenadas com vistas à transferência das atividades e contratos administrativos entre os dois Ministérios.

A saber, a iniciativa faz parte do Programa Unifica.

“Vamos juntar forças para melhorar o trabalho da área meio dos ministérios. Esse projeto não deve ser somente do Ministério da Economia e do Ministério do Trabalho e Previdência. Deve ser um projeto de todos os ministérios e órgãos que compõem o Governo Federal. Esse projeto é uma prestação de contas para o cidadão brasileiro”, destacou o ministro do Trabalho e Previdência, José Carlos Oliveira.

Redução de gastos

Ao relembrar o início do Programa Unifica, o secretário-executivo do MTP, Bruno Dalcomo, discursou sobre a importância do projeto para a redução dos gastos públicos e da qualidade do atendimento ao cidadão.

“A gente precisa continuar buscando alternativas de melhoria da eficiência, da economia de recursos, aproveitamento de espaços, mas principalmente na melhoria de serviços prestados à população brasileira, que é sempre o nosso objetivo”.

Vale lembrar que o Ministério do Trabalho e Previdência foi recriado em julho de 2021. Desde 2019, a pasta fazia parte do quadro do Ministério da Economia.

Programa Unifica

Foi lançado ainda no início de 2019, com o intuito de integrar e padronizar os serviços de Administração, Logística, Orçamento, Tecnologia da Informação e Gestão de Pessoas das estruturas do Ministério da Economia.

Um dos focos da iniciativa está em otimizar a ocupação dos espaços físicos nos prédios da Pasta, adotando, assim, o compartilhamento de espaços e de imóveis entre órgãos e entidades vinculadas.

O Unifica tem como objetivos:

  • Diagnóstico e integração de processos, que busca a construção de modelo de centralização e integração de processos de Administração e Logística, a centralização da folha de pagamento e a implantação da Central de Atendimento de Pessoal (Cape) nos estados;
  • Novo modelo de prestação de serviços, com a finalidade de implementar uma Central de Serviços, um processo de relacionamento com cliente, além de organização e padronização de processos;
  • Otimização de ocupação de prédios, com previsão de unificação de equipes da Superintendência de Administração Regional (SRA/GRA) e Superintendência Regional do Trabalho (Strab), implementação de padrão de ocupação e compartilhamento de espaços físicos, além da guarda de acervo documental.

Com informações do Ministério da Economia

Confira ainda: CAIXA amplia prazo do Saque FGTS; veja os detalhes

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.