Lula amplia vantagem sobre Bolsonaro; veja os números

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ampliou a vantagem sobre o atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (sem partido)

1

A pouco mais de um ano das eleições presidenciais, uma pesquisa do instituto Datafolha, divulgada nesta sexta-feira (09) pelo site do jornal “Folha de S.Paulo” revelou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ampliou a vantagem sobre o atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (sem partido).

De acordo com o levantamento, na pesquisa espontânea, a intenção de voto em Lula passou de 21% para 26%. No sentido oposto, a porcentagem de pessoas que pretendem votar em Bolsonaro foi de 17% para 19%. No segundo turno, o petista tem 58% contra 31% do atual presidente, que ainda busca um partido para chamar de ser nas eleições de 2022. Anteriormente, Lula tinha 55% e Bolsonaro 32%.

Em nota, o Datafolha relatou que a pesquisa ouviu 2.074 pessoas nos dias 7 e 8 de julho em 146 cidades brasileiras. Foram entrevistadas pessoas acima de 16 anos, sendo a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%.

De acordo com o Datafolha, foram pesquisados dois cenários. Em um deles aparece o governador de São Paulo, João Doria, e no outro o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, ambos do PSDB. Confira:

Primeiro cenário:

  • Lula (PT): 46%;
  • Jair Bolsonaro (sem partido): 25%;
  • Ciro Gomes (PDT): 8%;
  • João Doria (PSDB): 5%;
  • Luiz Henrique Mandetta (DEM): 4%;
  • Em branco/nulo/nenhum: 10%;
  • Não sabe: 2%.

Segundo cenário:

  • Lula (PT): 46%;
  • Jair Bolsonaro (sem partido): 25%;
  • Ciro Gomes (PDT): 9%;
  • Luiz Henrique Mandetta (DEM): 5%;
  • Eduardo Leite (PSDB): 3%;
  • Em branco/nulo/nenhum: 10%;
  • Não sabe: 2%.

Na última pesquisa, divulgada em maio, Lula tinha 41%; Bolsonaro, 23%;  Sergio Moro, 7%; e Ciro, 6%; Doria, 3%; Mandetta, 3%; e João Amoêdo (Novo), com 2%.

Possível resultado do segundo turno das eleições

Assim como nas intenções de votos do primeiro turno, Lula fica à frente no segundo. Veja os números:

  • Lula (PT): 58%;
  • Bolsonaro (sem partido): 31%;
  • Em branco/nulo/nenhum: 10%;
  • Não sabe: 1%.

Por fim, a pesquisa sobre as eleições de 2022 mostra que a preferência por Lula fica acima da média entre alguns perfis de brasileiros, como os:

  • Com escolaridade fundamental (56%);
  • Os mais pobres, com renda familiar de até 2 salários (57%).

Além disso, Lula também domina na região Nordeste (64%), entre pretos (57%), pardos (50%), no segmento dos católicos (51%) e entre também entre desempregados que buscam emprego (64%).

Do outro lado, Bolsonaro fica à frente de Lula quando o assunto são os eleitores mais ricos, 41% a 21% entre quem tem renda familiar de 5 a 10 salários, e 36% a 22% na faixa de renda familiar acima de 10 salários. Neste mesmo sentido, o atual chefe do Executivo continua na frente quando os eleitores em questão são empresários, com 52% das intenções de voto, contra 25% do petista.

Leia também: AGU terá que se justificar sobre motociata de Bolsonaro

1 comentário
  1. Victor Diz

    Qual tipo de droga esse jornalista está usando? Rápidamente ele precisa de ajuda ou de vergonha na cara. Esquerdista mentiroso.

    0
    0
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.