Lote residual do Imposto de Renda: Pagamento é realizado HOJE

Consulta do novo lote está liberada desde o início da semana

0

Como veiculado aqui no Brasil 123, a Receita Federal abriu nesta segunda-feira (25), a consulta a mais um lote residual de restituições do Imposto de Renda de Pessoa Física de anos anteriores.

Vale destacar que esses são lotes residuais de contribuintes que caíram na malha fina, mas que depois regularizaram as suas pendências.

E atenção! Os 210.153 contribuintes receberão R$ 180.556.530,18 nesta sexta-feira (29).

Siga a leitura para ter detalhes de como é feito o pagamento.

Lote residual do Imposto de Renda: Pagamento é realizado HOJE
Lote residual do Imposto de Renda: Pagamento é realizado HOJE – Foto: Reprodução

Crédito do lote residual do imposto de renda

O pagamento da restituição é realizado diretamente na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda.

No entanto, se por algum motivo, o crédito não for realizado, como no caso de uma conta encerrada, por exemplo, é importante saber que os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

Se você entrar nessa situação, saiba que precisa reagendar o crédito dos valores pelo Portal do banco, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

E se passar de um ano? É algo que você pode se perguntar. Neste caso, você precisa requerer o valor pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”.

Malha fina do IRPF

Em setembro do ano passado, a Receita informou que quase 870 mil contribuintes ficaram na malha fina do imposto de renda 2021.

Para saber se está na malha fina, os contribuintes podem acessar o “extrato” do Imposto de Renda no site da Receita Federal no e-CAC.

A saber, as restituições de declarações que apresentam inconsistência são liberadas somente depois de regularizadas pelo cidadão.

Assim, se você cair na malha fina, você tem 3 caminhos:

  • Corrigir a Declaração apresentada, sem qualquer multa ou penalidade, por meio de Declaração retificadora, se houver erros no que foi declarado à Receita Federal;
  • Aguardar comunicado da Receita Federal para apresentar documentação que explique a pendência apresentada no Extrato;
  • Apresentar, de forma virtual, todos os comprovantes e documentos que atestam os valores declarados e apontados como pendência no Extrato.

Confira também: Auxílio Brasil de R$ 400: ÚLTIMO saque liberado; veja quem recebe

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.