Ibovespa sobe nesta quarta (7) e reduz perda acumulada na semana

Investidores deixam CPI da Covid um pouco de lado e focam no exterior, mais especificamente na divulgação da ata da última reunião do Fed

0

O Ibovespa conseguiu encerrar o pregão desta quarta-feira (7) em alta, após as duas quedas registradas na semana. A saber, o índice subiu 1,54% e fechou o dia aos 127.019 pontos. Com o resultado, reduziu as perdas acumuladas na semana para -0,47%.

Nesta sessão, os investidores preferiram deixar a CPI da Covid um pouco de lado. Em resumo, a comissão está analisando os atos e omissões do governo federal no enfrentamento à pandemia da Covid-19. E não há como negar que a CPI vem comprometendo ainda mais a cena política do país, já bastante fragilizada.

Focando no exterior, os investidores aproveitaram o dia para ir atrás de pechinchas nas ações do Ibovespa. O sentimento de otimismo prevaleceu. E isso aconteceu após a divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, em meados de junho.

De acordo com o documento, não há indicações claras de quando os juros nos EUA subirão, tampouco quando o banco reduzirá os estímulos realizados na economia norte-americana. Essa indefinição aumentou a sensação de maior prolongamento destas medidas, dando mais coragem aos investidores para buscarem ativos de risco.

Além disso, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) também divulgou o volume de vendas do varejo brasileiro em maio, que cresceu 1,4% na comparação com abril. Esta foi a segunda alta seguida, e todo dado positivo da economia do país é mais um impulso para os investidores irem às compras.

74 das 84 ações do Ibovespa terminam pregão no azul

Diante destas notícias, a maioria das ações do Ibovespa conseguiram fechar o dia com ganhos. A propósito, apenas 7 dos 84 papéis do índice caíram nesta quarta, enquanto outros três encerraram o dia estáveis. Ao todo, entre compras e vendas, as ações movimentaram R$ 21 bilhões, valor abaixo da média diária de 2021, de R$ 23 bilhões.

Em suma, os avanços mais expressivos vieram de: Unidas ON (5,46%), Localiza ON (5,42%), Raia Drogasil ON (5,07%), Rumo ON (4,70%) e Magazine Luiza ON (4,46%). Por outro lado, entre os poucos recuos do dia, os maiores foram de: Banco Inter unit (-3,54%), PetroRio ON (-2,67%), CVC ON (-1,94%), Braskem PNA (-1,66%) e Yduqs ON (-1,11%).

Leia Mais: Tomate, batata e banana ficam mais baratos em junho, aponta Dieese

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.