Ibovespa dispara nesta segunda (25) após afundar na semana passada

Ações da Petrobras têm forte alta no pregão com rumores de venda das ações da estatal por parte do governo

0

O Ibovespa disparou 2,28% nesta segunda-feira (25) e encerrou o pregão aos 108.714 pontos. Esse forte avanço diminuiu as perdas no ano para 8,66%. Aliás, o salto de hoje sucede a pior semana para o índice desde março de 2020, quando a pandemia da Covid-19 explodiu no mundo.

Em resumo, o que mais impulsionou o Ibovespa nesta segunda foram os papéis da Petrobras. O surgimento de rumores sobre o governo estudar um projeto de lei para vender ações da estatal fez as ações da companhia dispararem. Aliás, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que uma privatização da Petrobras até está no radar, mas seria uma “complicação enorme”.

Nesta segunda, a Petrobras também anunciou um novo reajuste para a gasolina e o diesel. Enquanto a gasolina ficará 7,04% mais cara nas refinarias do país, o diesel terá aumento de 9,15%. No ano, os combustíveis acumulam avanços expressivos de 73,4% e 65,3%, respectivamente.

Diante desse cenário, os investidores acreditam que a inflação do país atingirá níveis ainda mais elevados que o esperado. Inclusive, alguns economistas já projetam o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acima de 10% neste ano. Atualmente, o IPCA, que é a inflação do país, acumula alta de 6,90% em 2021.

Os investidores também repercutiram o levantamento da Fundação Getulio Vargas (FGV) sobre a confiança do consumidor. Em suma, o indicador subiu em outubro após dois meses seguidos de queda. O avanço pouco expressivo ocorreu graças à “revisão das expectativas sobre as finanças familiares”, afirmou a FGV. Resta saber se a tendência de alta se manterá em novembro.

80 das 91 ações do Ibovespa sobem nesta segunda

Com uma forte ajuda dos papéis da Petrobras e do setor bancário, o Ibovespa encerrou o pregão de hoje no azul. A saber, 80 das 91 ações do índice subiram no dia, enquanto nove fecharam no vermelho e três ficaram estáveis. Ao todo, entre compras e vendas, os papéis do Ibovespa movimentaram R$ 32,02 bilhões, valor bastante superior à média diária de 2021, de R$ 24 bilhões.

Entre os muitos avanços do dia, os mais expressivos vieram de: Petrobras PN (6,84%), CVC Brasil ON (6,14%), Petrobras ON (6,13%), Iguatemi ON (5,63%), Ecorodovias ON (5,31%), Inter Banco unit (5,18%), Vibra ON (5,16%) e Metalúrgia Gerdau PN (5,13%).

Por outro lado, os maiores tombos no pregão foram de: Suzano Papel ON (-2,52%), Yduqs Participações ON (-1,32%), BRF ON (-1,27%) e Marfrig ON (-1,19%). Já os papéis que ficaram estáveis no dia foram os da Qualicorp ON, da Klabin unit e do Banco Pan PN.

Leia Mais: Lucro líquido da TIM dispara 154,6% no terceiro trimestre

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.