Ibovespa avança, mas preocupações com a Ômicron continuam

Mercados globais temem impacto econômico que a variante pode causar; EUA e Reino Unido não informam novas restrições e animam investidores

0

O Ibovespa despencou mais de 2% na última segunda-feira (20) em meio ao aumento dos riscos domésticos e globais. No entanto, o pregão desta terça (21) trouxe mais otimismo aos investidores, que voltaram a buscar ativos de risco. Assim, o principal índice da Bolsa Brasileira conseguiu subir 0,46%, encerrando a sessão aos 105.500 pontos.

Apesar deste avanço, o Ibovespa acumula perdas expressivas em 2021 (-11,36%). Contudo, os fatores que fizeram o índice afundar na véspera foram esquecidos, em algum grau, no dia. E fatores externos animaram os investidores e impulsionaram o Ibovespa no pregão.

Em resumo, as preocupações com a variante Ômicron segue forte. Aliás, diversos países estão aumentando suas restrições para conter a disseminação da variante, como a Holanda, que decretou um lockdown de três semanas no último domingo (19). Na verdade, o mercado ainda não sabe o impacto econômico que a Ômicron provocará no planeta.

Seja como for, os Estados Unidos não anunciaram o retorno de restrições para conter a variante, assim como o Reino Unido. Dessa forma, os investidores se sentiram mais seguros para buscar ativos de risco, uma vez que estas grandes economias não iniciaram restrições apesar do aumento de casos.

Além disso, as preocupações sobre um possível Auxílio Brasil de R$ 600 também foram descartadas. Na véspera, notícias sobre essa possibilidade assustaram investidores devido à saúde fiscal do país, que segue bastante debilitada nos últimos tempos. No entanto, o descarte desse aumento do benefício tirou um peso das costas dos operadores.

45 das 92 ações do Ibovespa sobem nesta terça

Em suma, 45 das 92 ações que compõem a carteira do Ibovespa subiram nesta terça. A saber, os papéis do índice movimentaram R$ 16 bilhões no pregão, valor muito abaixo da média diária de 2021, de R$ 24 bilhões. Isso confirma a expectativa de menor liquidez na semana devido ao Natal.

Entre os avanços do dia, o maior veio da Embraer ON (+16,02%), impulsionada pela fusão da subsidiária de carros voadores (Eve) com a Zanite. Os seguintes papéis também tiveram ganhos firmes na sessão: Azul PN (+7,87%), Locaweb ON (+6,50%), Bradespar PN (+5,55%), Gol PN (+5,11%) e Sid Nacional ON (+4,77%).

Por outro lado, entre os recuos, os mais intensos vieram de: Alpargatas PN (-4,37%), Banco Inter PN (-3,65%), IRB Brasil Resseguros ON (-3,10%), B3 ON (-3,07%), Via ON (-2,74%), JHSF Participações ON (-2,72%) e Inter Banco unit (-2,72%).

Leia Mais: Dólar tem leve queda nesta terça (21) e está cotado a R$ 5,738

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.