Governo Federal libera mais de R$ 15 milhões para sete cidades atingidas pelas chuvas

Com este novo repasse, já foram R$ 21,3 milhões para ações de defesa civil no estado desde o início das ocorrências

0

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), autorizou, na segunda-feira (13), a liberação de mais de R$ 15,2 milhões a sete cidades pernambucanas atingidas por chuvas intensas.

A saber, as portarias com o detalhamento dos recursos foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU).

Governo Federal libera mais de R$ 15 milhões para sete cidades atingidas pelas chuvas
Foto: Reprodução

Repasses para cidades atingidas pelas chuvas

Vale destacar que para o município de Jaboatão dos Guararapes, serão feitos dois repasses.

O maior investimento, de R$ 6,9 milhões, será usado na compra de kits de limpeza, higiene pessoal e dormitório, colchões, cestas básicas, combustível e, também, no aluguel de veículos. Já o segundo repasse, de R$ 1 milhão, será destinado a limpeza de vias urbanas e rurais.

Para as cidades de Goiana, Paudalho e Sirinhaém, serão destinados R$ 1,4 milhão, R$ 1,47 milhão e R$ 1,2 milhão, respectivamente, para a compra de itens de assistência humanitária.

Com a mesma finalidade, o Governo também vai encaminhar R$ 881,4 mil para Limoeiro, R$ 265,9 mil para Vicência e R$ 261,1 mil para Nazaré da Mata.

Diante dessa nova liberação, o Governo Federal já autorizou o repasse de R$ 21,3 milhões para ações de defesa civil em Pernambuco desde o início das chuvas intensas no litoral da região Nordeste do país.

Leia ainda: FGTS: Último grupo tem Saque Extraordinário de até R$ 1.000 liberado

Como solicitar recursos federais

Após a concessão do status de situação de emergência pela Defesa Civil Nacional, os municípios atingidos por desastres estão aptos a solicitar recursos do Governo Federal para atendimento à população afetada.

As ações envolvem restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados.

A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD).

Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do montante a ser liberado.

Com informações do Ministério do Desenvolvimento Regional

Confira também: Auxílio Brasil tem pagamento antecipado em junho? Entenda!

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.