Gol reporta disparada de 36,8% na demanda por voos em setembro

Companhia registra crescimento de 38,1% do indicador assento por quilômetro oferecido, mas taxa de ocupação tem leve queda

0

A Gol Linhas Aéreas reportou um crescimento 36,8% na demanda medida por passageiros por quilômetros pagos transportado (RPK, na sigla em inglês) em setembro deste ano. A saber, a disparada ocorreu na comparação com o mesmo mês de 2020.

Em resumo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou a pandemia da Covid-19 em março do ano passado, afetando fortemente o setor aéreo mundial. Por isso, houve esse salto na comparação anual, uma vez as companhias aéreas ainda sofreram bastante no ano passado.

Além disso, a Gol informou que a oferta saltou 38,1% nesta mesma base de comparação. Aliás, esta oferta é medida pelo indicador assento por quilômetro oferecido (ASK, também na sigla em inglês). Esse resultado também indica o quanto a pandemia e as medidas restritivas de circulação de pessoas afetaram o setor aéreo.

Em contrapartida, a taxa de ocupação das aeronaves caiu 0,8 ponto percentual (p.p.) em setembro, quando comparada ao mesmo mês do ano passado. Com isso, caiu para 79,1%. Já o número de passageiros transportados avançou 47,8%, para 1,6 milhão. Por sua vez, as decolagens domésticas cresceram 51,7% na comparação anual, chegando a 12.317 em setembro.

Todos esses resultados positivos aconteceram por dois motivos. O primeiro é que a crise sanitária e as medidas adotadas pelos governos para conter o avanço do novo coronavírus atingiram em cheio o setor aéreo. Já neste ano, com o avanço da vacinação, os países começam a abrandar suas medidas restritivas. Muitos estão abrindo suas fronteiras para receber aeronaves de outros países. E tudo isso impulsiona o setor aéreo.

Gol não realizou voos internacionais em setembro

Vale ressaltar que os resultados apresentados se referem à demanda doméstica, uma vez que a Gol não realizou voos internacionais em setembro. Aliás, a Gol parou de realizar voos internacionais regulares desde de maio do ano passado. E, a partir de junho de 2020, não fez mais nenhum voos para o exterior.

Essa situação se manteve até setembro e ainda não há informações sobre o retorno dos voos internacionais. Na verdade, o Brasil passou bastante tempo como país de preocupação mundial por causa da variante Gama. Em suma, há quatro variantes de preocupação do novo coronavírus: Alfa, Beta, Delta e Gama.

Cada uma delas foi identificada inicialmente em um país. Assim, o mundo acabou conhecendo estas cepas e transferindo o título para os países. Por isso, a Alfa é considerada a variante da Inglaterra, a Beta é da África do Sul, a Delta é da Índia e a Gama é do Brasil. E as fronteiras dos países ficaram fechadas, principalmente, para estes países.

Por fim, os resultados positivos na comparação anual se repetiram no acumulado de 2021, mas de maneira menos expressiva. A saber, a demanda doméstica cresce 18,7%, enquanto a oferta na mesma categoria subiu 17%. Da mesma forma, a taxa de ocupação da Gol acumula alta de 1,2 ponto percentual no comparativo anual, para 81,6%.

Leia Mais: Dólar sobe de novo e alcança maior nível em mais de cinco meses

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.