Gastos de brasileiros no exterior somam US$ 447 milhões em agosto

Esse é o terceiro mês seguido de gastos acima dos US$ 400 milhões e valor acumulado no ano está 65% maior que o de 2020

0

Os gastos de brasileiros no exterior saltaram 65% em agosto deste ano, na comparação com o mesmo mês de 2020. A saber, os brasileiros gastaram US$ 447 milhões em viagens internacionais em agosto, contra US$ 270 milhões no mesmo mês do ano passado.

Em resumo, o que explica esse resultado expressivo é a fraca base comparativa. Isso porque a pandemia da Covid-19 reduziu drasticamente a ida de brasileiros ao exterior, diminuindo também a quantidade dos gastos realizados em outros países.

Aliás, apesar do forte crescimento anual, o valor ficou 64% menor que os gastos realizados em agosto de 2019 (US$ 1,3 bilhão). À época, o mundo não enfrentava a crise sanitária do novo coronavírus e as viagens aconteciam sem restrições.

Vale destacar que, para conter a disseminação do novo coronavírus, diversos países fecharam suas fronteiras. Ao mesmo tempo, as nações também limitaram a quantidade de passageiros em aviões e ônibus e impuseram diversas restrições ao setor de turismo.

Todas estas medidas, que visavam reduzir o contágio do vírus, afetaram fortemente os gastos de brasileiros no exterior. O avanço da vacinação contra a Covid-19 no mundo e a redução das restrições vêm permitindo mais viagens e, consequentemente, mais gastos fora do Brasil.

Com o resultado de agosto, os gastos dos brasileiros no exterior totalizam US$ 2,843 bilhões nos oito primeiros meses do ano. O valor ficou 30,8% menor que o registrado no mesmo período de 2020 (US$ 4,111 bilhões). A propósito, os brasileiros gastaram 69,3% menos em 2020 nas viagens internacionais do que em 2019.

Gastos de estrangeiros no Brasil também caem

Os gastos de estrangeiros no Brasil somaram US$ 252 milhões em agosto, uma disparada de 72,6% na comparação com o mesmo mês de 2020. Contudo, o valor ficou 46% menor que o registrado em agosto de 2019, indicando que os gastos de turistas no país continuam muito baixos.

Da mesma forma que ocorreu com os gastos de brasileiros no exterior, o turismo de estrangeiros no país também afundou por causa da pandemia. Aliás, nos oito primeiros meses de 2021, os gastos de estrangeiros no país totalizaram US$ 1,754 bilhão.

Por fim, a conta de serviços de viagens ficou deficitária em US$ 1,089 bilhões entre janeiro e agosto deste ano. Esse resultado negativo ficou bem menos expressivo que o registrado em 2020 (-US$ 1,892 bilhões) e mais de seis vezes menor que o de 2019 (US$ 7,872 bilhões).

Leia Mais: Investimento estrangeiro no Brasil tomba 26% em agosto

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.