Gasto com o saque extraordinário passou dos R$ 30 milhões

Governo tem gasto com o saque extraordinário de mais de R$ 30 milhões

0

O gasto com o saque extraordinário custou ao Governo Federal cerca de R$ 30 milhões. Na última quarta-feira (15) as rodadas de pagamentos do Saque Emergencial chegaram ao fim. 

Quase 42 milhões de brasileiros receberam o depósito de até R$ 1 mil das contas do FGTS. Os valores foram depositados nas contas do Caixa Tem que foram abertas automaticamente para cada trabalhador. 

Além disso, o dinheiro pode permanecer na conta, sem movimentação, até o dia 15 de dezembro de 2022. Após isso, os valores retornam para as contas do FGTS de cada cidadão.

É possível conferir se você recebeu e de quanto foi o depósito sem precisar comparecer a uma agência da Caixa. A consulta pode ser feita pelos seguintes canais: 

  • Pelo site da Caixa Econômica Federal é permitido conferir se você tem direito ao Saque Emergencial do FGTS e conferir a data do seu recebimento específico;
  • Já pelo app do FGTS você pode consultar valores, datas de pagamentos, atualização cadastral etc. E também solicitar um retorno do valor depositado, caso não tenha interesse em realizar a retirada. 

Não recebi o Saque Extraordinário: o que fazer?

Se o trabalhador acredita que tem direito ao saldo do FGTS e não recebeu o depósito na conta do Caixa Tem, primeiramente ele deve acessar um dos canais citados anteriormente e conferir se há algum erro na sua conta do FGTS. 

Caso não haja erros, isso pode significar que:

  1. O empregador não fez as contribuições. Nesse caso o trabalhador deve contatar a empresa e tentar descobrir o que houve. Se o contato com a empresa não solucionar a questão, em último caso, o trabalhador tem direito a acionar a justiça;
  2. Outra opção é a necessidade de solicitar o Saque. Normalmente, o depósito não precisa ser solicitado. Mas em alguns casos o pedido se faz necessário. 

Saque Extraordinário do FGTS

O Fundo de Garantia é um direito do trabalhador garantido na legislação. A liberação dos valores só é feita em algumas situações específicas como, por exemplo, em uma demissão sem justa causa. 

Outras condições são o fim do contrato determinado, aposentadoria,  diagnóstico de doença grave ou pedido de crédito.

O FGTS é benefício que se destina àqueles que possuem um trabalho formal com carteira de trabalho assinada. O saldo também pode ser liberado para quitação ou financiamento de imóveis e em situações de desastres naturais. 

No caso do Saque Emergencial, o objetivo do Governo Federal é diminuir os impactos da crise econômica causada pela pandemia de COVID-19. Assim, as pessoas ajudam a economia a girar.

Utilização do FGTS

O FGTS representa uma reserva que assegura boa parte dos brasileiros. Porém apenas 15% dos trabalhadores possuem R$ 10 mil ou mais em suas contas. Enquanto 51%, a maioria, possui apenas de R$ 500 a R$ 2.500.

Quanto às formas de utilizar o Fundo, 45% dos trabalhadores querem destinar o dinheiro para a compra da casa própria. 33% gostariam de abrir um negócio com os valores; 20% disseram que cuidariam da saúde; e 17% usariam para viajar. 

Apenas 17% e 10% disseram que pagariam contas com o dinheiro e limparam o nome, respectivamente. 

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.